Iníco / Ecumenismo / Adventismo, devotos de Ellen White e comunidades que “mantem essas crenças”, erram por ignorar a Cosmologia Bíblica

Adventismo, devotos de Ellen White e comunidades que “mantem essas crenças”, erram por ignorar a Cosmologia Bíblica

A nova polêmica teológica surgida no Brasil, através do protesto dois irmãos do Congresso MV, em que o teólogo Wilson Paroschi é acusado de contrariar o posicionamento de Ellen G. White a respeito da obra de Cristo no santuário celestial após 22 de outubro de 1844, revela equívocos causados pelo desprezo à cosmologia bíblica dos três níveis do Universo: (1) Céus (ou terceiro céu, lugar da habitação de Deus, separado do primeiro céu, onde voam as aves, e do segundo céu onde estão os luminares, pelo firmamento, que também separou águas de cima e águas de baixo na Criação), (2) terra e (3) mar (abismo, profundezas).

Os equívocos de todos os envolvidos nessa discussão começa por descuidarem do significado do termo “ascensão”, quando tentam responder à pergunta: “Para onde Jesus foi depois da ressurreição?” Ora, Jesus não decolou, nem tampouco entrou em órbita. Simplesmente subiu, contrariando a teoria humasna da gravidade. “Ascensão” é pura e simplesmente isso: “Ação ou efeito de ascender, de se mover de baixo para cima; elevação. Jesus SUBIU para os Céus, acima do firmamento, ao terceiro Céu, lugar da habitação de Deus, o Pai nosso, que está nos Céus e não no espaço sideral, segundo as Bíblia.

“Disse-lhe Jesus: Não me toques; porque ainda não subi ao Pai, mas vai a meus irmãos e dize-lhes que subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus.” João 20:17

“E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco. Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes subir.” Atos 1:9-11

A simbologia do santuário terrestre refere-se a três fases (e não a lugares distintos) do ministério de Jesus Cristo. O pátio foi Sua obra na terra, o trabalho no “santo” refere-se ao sacerdócio celestial até 1844 e o trabalho “santíssimo” à nova fase pós-1844 no calendário terrestre equivalente ao Dia da Expiação no Santuário Celestial.

Não são compartimentos celestes, mas fases. Todo o Céu é santo e santíssimo, separado do pecado e dos pecadores, pelo firmamento.

Jesus simplesmente foi para os Céus, para junto de Deus, de onde descerá em breve para nos buscar:

“Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a corrupção. Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas. De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvis. Porque Davi não subiu aos céus, mas ele próprio diz: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, té que ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés. Saiba pois com certeza toda a casa de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo.” Atos 2:31-36

Note que o Espírito Santo foi “derramado”, isto é, de cima para baixo.

“E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” Atos 4:12

“E, ouvindo eles isto, unânimes levantaram a voz a Deus, e disseram: Senhor, tu és o Deus que fizeste o céu, e a terra, e o mar e tudo o que neles há. ” Atos 4:24

“Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta: O céu é o meu trono, e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor,Ou qual é o lugar do meu repouso?” Atos 7:48,49

“Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus; E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus.” Atos 7:55,56

“Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.” Romanos 8:34

Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” Romanos 8:39

“Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus,” Efésios 1:20

“O qual está à destra de Deus, tendo subido ao céu, havendo-se-lhe sujeitado os anjos, e as autoridades, e as potências.” 1 Pedro 3:22

“Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.” Apocalipse 3:21

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Por que teólogos e lideres religiosos falam tanto na “besta que sobe do abismo” e não informam onde fica o tal abismo?

Sem a noção e compreensão do diagrama da cosmologia bíblica original, que dividia o universo …

Revista Science: Cientistas recomendam cocô com leite materno para nascidos por cesariana

Conteúdo e histórico de revistas científicas demonstram que a Ciência não pode ser levada tão …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.