Iníco / Como nos dias de Noé, Anjos caidos, Nefilins / Adventistas bereanos de Juazeiro também discutem sobre Nefilins e fazem novas perguntas

Adventistas bereanos de Juazeiro também discutem sobre Nefilins e fazem novas perguntas

4916003084_8d0943c1ec_oEncontramos este texto em um site de irmãos leigos que pertencem ao Ministério Adventista Bereano do 7º Dia, sediado em Juazeiro, BA. Por serem, de fato, como os bereanos, a quem o apóstolo considerou mais nobres que os de Tessalônica por pesquisarem as Escrituras em busca de uma confirmação daquilo que dele ouviam, os irmãos de Juazeiro discutem a veracidade da doutrina dos Nefilins à luz da Bíblia. O debate é proposto pelo irmão Paulo Pinto, nestes termos:

Olá, estimados irmãos,

O texto de Gênesis 6:1-6 tem sido debatido aqui na web. Alguns creem que os gigantes foram fruto de um cruzamento entre demônios (anjos caídos) e mulheres dos dias de Noé, enquanto outros creem que não seja nada disso, entendendo que a expressão “filhos de Deus” refere-se a homens tementes e fiéis a Deus, os filhos de Sete (ao se desviarem da verdade) e as filhas de Caim, mulheres ímpias, não tementes ou desobedientes a Deus.

Vejam como lemos na Bíblia, Versão da Sociedade Britânica:

Quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra e lhes nasceram filhas, viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.

Então disse Jeová: O meu espírito não permanecerá para sempre no homem; por causa do seu errar é ele carne; portanto os seus dias serão cento e vinte anos.

Ora naqueles dias estavam os Nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Os Nefilins eram os valentes que houve na antiguidade, varões de renome.

Viu Jeová que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos do seu coração era má continuamente… Gênesis 6:1-6.

Da mesma forma que está neste texto, também lemos nas
versões Almeida Corrigida e Revisada Fiel, Almeida Revisada Pela Imprensa Bíblica, Nova Versão Internacional, American Standard Version, Basic English, King James (tida como uma das melhores versões), New International Version, Webster; Reina Valéria e Sagradas Escrituras (espanholas); Elberfelder (alemã) e La Bible De I’épée (francesa).

Assim, parece ser uma unanimidade em muitíssimas versões, que os gigantes, os nefilins, eram apenas gigantes, não sendo o resultado de cruzamento de filhos de Deus (anjos de Deus, caídos) com mulheres desta terra.

Observe que o texto fala: “Ora naqueles dias estavam os Nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos…” O texto não diz que os nefilins, ou gigantes eram descendentes do tal cruzamento, que, inclusive, cientificamente parece improvável, mas, que eles estavam na terra, inclusive depois que os filhos de deus (homens que eram fiéis a Deus, após se desviarem da verdade) conheceram as filhas dos homens (mulheres infiéis a Deus ou mundanas).

É difícil crer que um anjo possa fazer sexo com seres humanos, até porque, em nenhum caso bíblico se fala de anjas ou de sexo entre seres celestes. Cristo afirmou: “Porque na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu.” Mateus 22:30. “Porquanto, quando ressuscitarem dentre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento, mas serão como os anjos que estão nos céus.” Marcos 12:25.

Quando escrevo que nas Escrituras Sagradas, geralmente “filhos de Deus” se referem a seres leais a Deus (humanos ou seres angelicais) é porque é isso que lemos:

Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. Mateus 5:9.

Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Gálatas 3:26.

Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus. Romanos 8:14.

O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Romanos 8:16.

Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. 1 João 5:2.

A palavra de Deus nos mostra que Deus falou de Israel como seu “primogênito” (Êxodo 4:22), e Moisés disse aos israelitas “filhos sois de Jeová vosso Deus” (deut. 14:1). Deus sempre admoestou ao seu povo para que não se casasse com incrédulos, devido ao grande perigo a que se expõe o crente e ante ao qual geralmente sucumbe (Deut. 7:3,4; Jos. 23:12, 13; Esd. 9:2; Neem. 13:25; II Cor. 6:14, 15).

Porém os filhos de Sete devido a atração dos sentidos não se satisfazer com as belas filhas da linhagem piedosa, referiram as cainitas e o emprego da expressão “tomaram… mulheres” parece sugerir que o que predominou foi a poligamia.

Se em Gen. 6 os “filhos de deus” são anjos caídos, desleais a Deus, e não humanos fiéis a Deus que decidiram se misturar com mulheres ímpias, restam algumas perguntas:

1. O texto de Gênesis 6:1-4 está dizendo que os nefilins estavam na terra e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as mulheres filhas dos homens. Não parece dissociar, separar uma coisa da outra?

2. Se deus resolveu destruir o mundo nos dias de Noé porque anjos caídos se misturaram sexualmente com as mulheres (iniciativa destes seres superiores, bem mais fortes que os humanos, o que poderia até isentar as mulheres de culpa se pensarmos no exercício de força descomunal dos tais anjos). E considerando que a culpa não era necessariamente das mulheres – dos humanos – estaria Deus sendo justo em operar essa destruição em massa dos humanos criados por ele mesmo (“pesou-lhe em seu coração”), quando não destruiu no Céu a Satanás e a seus seguidores (1/3 dos anjos dos céus) quando se rebelaram?

3. Cadê as provas bíblicas de tão grave fato? E todas as versões bíblicas que mostrei? Será que todo o peso de evidência das várias versões cai diante de uma ou duas versões desconhecidas da maioria, sendo as únicas certas? Ou tem-se que ir atrás de um tal livro de enoque? É isso mesmo? Essa é a forma de se estudar a Palavra de Deus?

4. Cadê as provas palpáveis (bíblicas e da ciência) de que anjo caído cruza com mulheres e gera gigantes?

5. Teria Deus errado ao não prever essa possibilidade e depois se arrependeu e resolveu destruir toda a raça humana?

6. Fala-se que o aumento desenfreado de desvios sexuais (LGNT) hoje é porque os anjos caídos voltaram a intervir no planeta, desta feita alterando o DNA das pessoas. Cadê as provas disso? Você as tem? Ou são meras especulações?

7. O que lemos em Judas 6 e 7? “Que os anjos que não guardaram o seu principado, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele os tem reservado, com cadeias eternas em trevas, para o juízo do grande dia. Assim Sodoma, Gomorra e as cidades vizinhas, tendo-se prostituído, como aqueles de que acabo de falar, e seguindo após de outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno”. Judas 1:6-7.

O que diz o texto? O texto afirma que os cidadãos de Sodoma e de Gomorra se prostituíram como também os anjos caídos. Não diz que eles se prostituíram com os outros, mas como os outros.

Deixar a verdade e ir ao encontro da mentira é prostituição. O texto também afirma que por eles não guardarem seu principado, abandonaram o seu próprio domicílio e, assim, foram reservados em cadeias eternas para juízo. Não afirma que eles deixaram o céu, se prostituíram com mulheres e então foram reservados para serem castigados. É bom ler com atenção o texto e cuidar da tradução que se usa.

Para encerrar, em que ponto este assunto é importante para a nossa salvação? Cremos que nosso dever é estudar a palavra de Deus com oração, buscarmos a iluminação do espírito de Deus, consagrarmo-nos a Deus e a seu filho Jesus Cristo e sairmos ao campo para resgatar almas das trevas do pecado para o reino da sua luz, nesses dias que antecedem a breve volta de cristo.

Precisamos fugir de toda a forma de paganismo, sim, e nos revestir de toda a armadura de Deus para podermos resistir aos dias maus.

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de deus.”

Disso devemos fugir e urgentemente para não perdermos nossa salvação.

“Mas o fruto do espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em espírito, andemos também em espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.” Gálatas 5:19-26.

Abraço fraterno.
Seu irmão em Cristo,
Paulo Pinto

NOSSA RESPOSTA

A. Quanto ao texto bíblico de Gênesis 6:1-6:

Quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra e lhes nasceram filhas, viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.

Então disse Jeová: O meu espírito não permanecerá para sempre no homem; por causa do seu errar é ele carne; portanto os seus dias serão cento e vinte anos.

Ora naqueles dias estavam os Nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Os Nefilins eram os valentes que houve na antiguidade, varões de renome.

Viu Jeová que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos do seu coração era má continuamente… Gênesis 6:1-6.

É nossa vez de falar agora irmão Paulo. Pedimos que observe diretamente nessa tradução do texto bíblico que escolheu, quais são os personagens envolvidos nesse relato:

Quando (1) os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra e lhes nasceram (2) filhas, viram os (3) filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.

Portanto, já no início de nossa conversa, observamos três grupos envolvidos: os homens que se multiplicaram, as filhas que lhes nasceram e os filhos de Deus que as cobiçaram e com elas se acasalaram. Perceba que, evidentemente o grupo dos filhos de Deus não está contido no grupo dos homens. Caso contrário, o texto bíblico diria simplesmente que os homens se multiplicaram porque lhes nasceram filhos e filhas, que se relacionaram e reproduziram.

Esses filhos de Deus são um grupo que invade o cotidiano humano e, no texto, estão em oposição aos homens. Os homens se multiplicavam, gerando filhos e filhas, e eis que os “filhos de Deus” interrompem a ordem natural das coisas, tomando para si mulheres dentre as filhas dos homens. Não há no texto qualquer menção a homens piedosos, filhos de Sete, e mulheres ímpias, filhas de Caim.

Em seguida, surge um quarto grupo, que não pertence a nenhum dos outros três inicialmente mencionados:

Ora naqueles dias estavam os Nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Os Nefilins eram os valentes que houve na antiguidade, varões de renome.

Esses nefilins, identificados no hebraico como “caídos”, mas também chamados de “gigantes” por influência da tradução grega Septuaginta, formam um quarto grupo de terráqueos, ou seres que naquele momento ocupavam o planeta: homens, mulheres, filhos de Deus e os nefilins. Homens e mulheres, descendentes de Adão e Eva tanto pela linhagem de Caim quanto de Sete; filhos de Deus, seres celestes que se rebelaram contra Deus no Céu, foram expulsos, mas conquistaram o domínio sobre o planeta; e, por último, os gigantes nefilins.

De onde vieram esses seres, os Nefilins? Como foi que surgiram na História humana? Não foram criados por Deus, pois a Bíblia diz que Deus criou apenas o homem e a mulher. Até por simples dedução, sem que seja necessário recorrer aos primeiros intérpretes judaicos e aos pais da Igreja até o 4º século, e sequer mencionar os registros históricos e arqueológicos de outras antigas civilizações, resta-nos concluir que esses tais nefilins, violentos e dominadores, resultaram da amálgama, miscigenação, mistura, de seres humanos e seres celestes. Os nefilins surgem e se perpetuam na Terra no período “quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos”.

B. Quanto aos termos “filhas dos homens” e “filhos de Deus”

Não podemos nos apegar às traduções em detrimento dos termos originais, irmão Paulo. A expressão traduzida por “filhas dos homens” é benot ha’adam no original. E “filhos de Deus” é bene ha’elohim. Observe que a tradução “filhas de Adão” e “filhos dos deuses” também seria aceitável, mas não existe qualquer referência ou possibilidade de tradução desses termos como “filhas de Caim” e “filhos de Sete”.

Para não citar o livro de Jó, onde bene ha’elohim refere-se a anjos ou seres celestes, inclusive Satanás, vamos ao livro de Daniel, capítulo 3:24-28:

Então o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa; falou, e disse aos seus conselheiros: Não lançamos nós dentro do fogo três homens atados? Responderam ao rei: É verdade, ó rei. Disse ele: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nenhum dano sofrem; e o aspecto do quarto é semelhante a um filho dos deuses. …Falou Nabucodonosor, e disse: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, o qual enviou o seu anjo e livrou os seus servos, que confiaram nele e frustraram a ordem do rei, escolhendo antes entregar os seus corpos, do que servir ou adorar a deus algum, senão o seu Deus.

C. Quanto à interpretação Filhos de Sete X Filhas de Caim

Perguntas do irmão Edgar, do site Nisto Pensai (em inglês):

Se os “filhos de Deus” eram os filhos de Sete ou a linhagem piedosa de Adão e as “filhas dos homens” foram as filhas de Caim, por que é essa relação sexual era apenas entre os filhos homens de Sete (linhagem piedosa de Adão) e as filhas ímpias de Caim e NÃO também entre os filhos ímpios de Caim e as filhas de Sete (linhagem piedosa de Adão)?

Eram todos os descendentes de Sete e da linha piedosa de Adão do sexo masculino e todas as descendentes de Caim, do sexo feminino? Sete só teve filhos e netos machos, enquanto Caim apenas filhas e netas fêmeas?

Eram todos os descendentes de Sete piedosos e todos os descendentes de Caim ímpios?

Por que Moisés (o autor do livro de Gênesis) não usou a frase “filhos de Sete” e “filhas de Caim” ou “Filhos de Deus” e “Filhas de Caim” se a distinção é supostamente entre as linhagens desses dois pais? Por que Moisés utilizou a expressão filhos “de Deus” e “dos homens”?

Observe que o texto de Gênesis 6 afirma: Quando os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra e lhes nasceram filhas, viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. É difícil supor que apenas as descendentes (filhas) de Caim começaram a se multiplicar sobre a face da terra, quando em Gênesis 5 (a partir do versículo 6), foram os descendentes de Sete que pareciam se multiplicar!

É verdade que Jesus disse que “…na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu (Mateus 22:30), o que implica que os anjos não se casam no Céu. Mas ele está se referindo aos anjos NO CÉU. Contudo, é verdade também que os anjos assumem a forma física como seres humanos (por exemplo, Hebreus 13: 2), sem que os reconheçamos como seres celestiais, alienígenas ou extraterrestres. Ao fazê-lo, eles podem cometer atos sexuais como está escrito em Judas 6-7. (Consulte suas várias versões!)

Portanto, o argumento que diz que os anjos não podem cometer ato sexual por causa dessa declaração do Senhor em Mateus 22:30 não é correto. Jesus estava simplesmente dizendo aos judeus que os anjos no céu não se casam e, portanto, não se envolvem em qualquer atividade sexual no céu. Mas se o anjo optar por não manter sua boa morada no céu, rebelando-se contra Deus, e descer à terra, assumindo uma forma humana, então ele pode cometer ato sexuais.

D. Quanto à naturezade nossa filiação divina

Entre os humanos, apenas Adão e Jesus Cristo são, de fato, filhos de Deus, por Ele gerados.

Quando todo o povo fora batizado, tendo sido Jesus também batizado, e estando ele a orar, o céu se abriu; e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como uma pomba; e ouviu-se do céu esta voz: Tu és o meu Filho amado; em ti me comprazo.

Ora, Jesus, ao começar o seu ministério, tinha cerca de trinta anos; sendo {como se cuidava} filho de José, filho de Eli… …Sem de Noé, Noé de Lameque, Lameque de Matusalém, Matusalém de Enoque, Enoque de Jarede, Jarede de Maleleel, Maleleel de Cainã, Cainã de Enos, Enos de Sete, Sete de Adão, e Adão de Deus. Lucas 3:21-38.

Quanto a nós, por natureza, nascemos “filhos do diabo”, “filhos da serpente” (raça de víboras), “filhos da desobediência”, “filhos da ira”, etc:

Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai… João 8:44

Mas, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, disse-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira vindoura? Mateus 3:7

Raça de víboras! como podeis vós falar coisas boas, sendo maus? pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca. Mateus 12:34

Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo. João 3:7.

Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Efésios 2:1-3.

Nossa filiação divina se dá por adoção. Como ainda não o somos de fato, por mais consagrados que sejamos, por enquanto somos candidatos predestinados a adoção por Deus. Ele “nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade.” Efésios 1:5. “Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.” 1 Coríntios 15:53.

É por essa razão que a condição de filho de Deus para os humanos é ainda uma promessa condicionada à aceitação da salvação por meio de Jesus Cristo: “Mas, a todos quantos o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.” João 1:12.

Sugestão de Leitura em Inglês (Arquivos PDF):

[VAMOS CONTINUAR]

A parábola do Joio e do Trigo

Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;
Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.
E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.
E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?
Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.
Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro.

Mateus 13:24-30

Então, tendo despedido a multidão, foi Jesus para casa. E chegaram ao pé dele os seus discípulos, dizendo: Explica-nos a parábola do joio do campo.
E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem;
O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno;
O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos.
Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo.
Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade.
E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Mateus 13:36-43

Compartilhar isso:

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

ATLÂNTIDA : O Mundo Sepultado

Relacionado

O RETORNO DOS ANJOS CAÍDOS

Relacionado

Deixe uma resposta