Iníco / Ecumenismo / Babilônia ecumênica: Pastores americanos fazem orações em nome de Alá “contra a islamofobia”

Babilônia ecumênica: Pastores americanos fazem orações em nome de Alá “contra a islamofobia”

Encontro de presbiterianos teve momento ecumênico liderado por líder muçulmano… A Igreja Presbiteriana dos EUA (PCUSA) fez orações a Alá durante…

Pastores americanos fazem orações em nome de Alá "contra islamofobia".

Pastores americanos fazem orações em nome de Alá “contra islamofobia”.

Encontro de presbiterianos teve momento ecumênico liderado por líder muçulmano

A Igreja Presbiteriana dos EUA (PCUSA) fez orações a Alá durante a reunião da Assembleia Geral da denominação, realizada na semana passada.

“Alá nos abençoe e abençoe nossas famílias e abençoe nosso Senhor. Nos guie no caminho reto de todos os profetas: Abraão, Ismael, Isaque, Moisés, Jesus e Maomé”. Estas palavras foram repetidas diante da congregação durante o encontro nacional que reuniu líderes presbiterianos em Portland, Oregon.

>> Leia também: ECUMENISMO: A RELIGIÃO DE SATANÁS

Wajidi Said, co-fundador do Fundo de Educação Muçulmano, conduziu os participantes na invocação do nome do deus islâmico. O momento foi parte do momento do programa reservado ao ministério ecumênico e inter-religioso da PCUSA.

A oração realizada durante a sessão de abertura do encontro, acompanhou um momento dedicado à intercessão pelas pessoas feridas no atentado em Orlando, ocorrido recentemente. “Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso, louvemos ao Senhor… a paz esteja com eles e a paz esteja com Deus”, pediu Said. Ele também orou pela paz sobre a vida dos “fanáticos” e dos “islamofóbicos.” Centenas de pastores presentes concordaram com um “amém” no final.

Mais tarde, no final da sessão, o pastor Gradye Parsons fez um pedido de desculpas a quem, porventura, se ofendeu com a oração. A PCUSA afirmou durante a reunião que defende “relações positivas com pessoas de outras tradições religiosas” e está empenhada em lutar “contra o aumento da islamofobia”.

Com cerca de um milhão e seiscentos mil membros, a PCUSA é o maior segmento dos presbiterianos americanos. Pautada pela teologia liberal, desde 2011 ela ordena pastores homossexuais. No ano passado, anunciou o primeiro caso de ordenação de duas lésbicas que vivem maritalmente, como pastoras.

A aproximação de evangélicos e muçulmanos é defendida por outras denominações americanas, como a Igreja Universalista, que cedeu um de seus templos para islâmicos fazerem suas orações.

Com informações de CBN News

Via: LIBERTAR.in

Compartilhar isso:

About Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

O RETORNO DOS ANJOS CAÍDOS

Relacionado

Catástrofe Atômica e a loucura do poder! Caio Fábio Caio Fábio

Relacionado

Deixe uma resposta