Iníco / Noticias Adventistas / Censura na IASD: Michelson Borges retira postagem sobre adventistas mortos na Venezuela

Censura na IASD: Michelson Borges retira postagem sobre adventistas mortos na Venezuela

Texto extraído do site “Outra Leitura: Lendo o mundo com as lentes do cristianismo”, blog do Jornalista e pastor adventista Michelson Borges:

Cristãos torturados no Sudão e adventistas mortos na Venezuela

 

Na última sexta-feira, 22, após dois meses de protestos contínuos contra seu governo de mais de 30 anos, o presidente do Sudão, Omar Al Bashir, dissolveu o governo e anunciou estado de emergência de um ano no país. Mais protestos eclodiram no sábado, quando a polícia supostamente atirou bombas de gás lacrimogêneo contra manifestantes que queimaram pneus e gritavam: “A revolução é a escolha do povo.” O presidente Bashir também nomeou um novo primeiro-ministro e primeiro vice-presidente. Fontes da Portas Abertas no país expressaram preocupação de que o estado de emergência pode fazer com que as forças de segurança do governo continuem e aumentem a brutalidade contra civis e, principalmente, contra os cristãos.

Há também violações do direito à liberdade de religião ou crença, inclusive prisão e tortura de cristãos que se converteram do islã, acusações de apostasia contra cristãos ex-muçulmanos, prisão e encarceramento de cristãos e missionários por falsas acusações, destruição e fechamento das igrejas, recusa da alocação de terras às igrejas e confisco de propriedade da igreja. Há também uma discriminação aberta contra os cristãos na educação.

Muitos observadores, assim como a Portas Abertas, acreditam que, se a pressão diplomática for removida do governo de Bashir, ele simplesmente continuará a violar os direitos humanos básicos dos civis, inclusive o direito à liberdade de religião ou crença.

Assessoria Portas Abertas

Nota 1: É lamentável ver que nos países da Europa e nas Américas os muçulmanos têm total liberdade de viver sua fé e praticar sua religião enquanto o mesmo não ocorre com os cristãos em muitos países muçulmanos. Oremos pelos nossos irmãos perseguidos em vários lugares do mundo. A liberdade religiosa deveria ser uma realidade, mas, infelizmente, não é.

Nota 2: Oremos também por vítimas inocentes de regimes mais preocupados em manter o poder do que cuidar de sua população, como os dois adventistas de herança indígena mortos por militares na Venezuela (leia mais aqui, aqui e aqui). Motivo? Queriam fazer com que a ajuda humanitária chegasse ao povo faminto. Ela era líder do departamento infantil da igreja e ele, ancião. Ambos muito respeitados na comunidade. Estavam pensando no bem de seu povo. Perderam a vida de maneira estúpida. (Por motivo de segurança, não vou revelar a fonte dessa informação.)

Nota 3: Mais estranho é ver pessoas que dizem lutar pela democracia e pelos direitos humanos apoiarem tanto os regimes autoritários islâmicos quanto os regimes autoritários comunistas… Que Jesus volte logo para acabar com tanta injustiça e tanto sofrimento!

Link original: https://michelsonborges.wordpress.com/2019/02/25/cristaos-torturados-no-sudao-e-adventistas-mortos-na-venezuela/ — Consultado em 27 de fevereiro de 2019

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

BULLying: Resultados da adoração ao Touro em Barretos e culto ao machado gigante

Muito antes do massacre na Escola Raul Brasil em Suzano, SP, já dizíamos que os …

Pastores adventistas deveriam se envergonhar do “ritual da machadinha” entre Desbravadores

A organização adventista fez esse videoclipe em homenagem ao adolescente Samuel Melquíades, morto aos 16 …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.