Iníco / Artigos / COMO ETERNIZAR SEU CASAMENTO

COMO ETERNIZAR SEU CASAMENTO

Wilson Dias*

O casamento é uma instituição divina em que o casal deveria viver juntos até que a morte pudesse separar. Entretanto, no Brasil, em cada 500 casamentos realizados, 10 % são desfeitos antes de completar 3 anos de casório. Segundo o IBGE, foram registrados no ano passado (2011) 243.224 divórcios, por meio de processos judiciais, além de 67.623 separações.

Fonte: http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/11/numero-de-divorcios-no-brasil-e-o-maior-desde-1984-diz-ibge.html

Atualmente, estão havendo mais separações e divórcios e menos casamentos no Brasil. Trocar de mulher ou de marido tornou-se uma prática comum como se troca de blusa. O que acontece é que os homens pensam mais em sexo, enquanto a mulher espera do marido mais atenção. Quando ele não dá essa atenção que a mulher espera, esta se frustra e sente menos vontade de fazer sexo com ele. Isso gera briguinhas fora de hora que resulta em infidelidade conjugal ou separação.

Dicas para tornar seu casamento duradouro

O homem é um caçador e garimpeiro do “vil metal”. Ele representa a cabeça da família, responsável para suprir as necessidades do lar. Ele batalha para manter a saúde, a educação e a estabilidade financeira da família; enquanto a mulher atua como sua auxiliadora ajudando a manter a casa em ordem e cuidar da educação básica dos filhos.

O Papel da Mulher – O homem é uma “criança crescida”. Ele foi criado recebendo carinho, amor, proteção e atenção da sua mãe. Ao chegar à antiga casa materna ele tinha comida pronta, roupa lavada e engomada, cama arrumada etc. E depois de casado ele espera o mesmo da esposa.

Maior parte do tempo o homem fica fora de casa angariando o pão de cada dia, e quando retorna ao lar ele espera ser recebido alegremente pela amada com um sorriso, um afetuoso abraço, amor e carinho, pois ele vê a mulher como a “mãe substituta”, requerendo desta o mesmo tratamento que recebia da mãe biológica.

Cuidar da aparência é fundamental. Quando o homem chega ao seu lar e encontra a mulher de cara feia ou rancorosa, toda descabelada e … e axilas mal cheirosas, com trajes inadequados e peitos despencados, ele vai aos poucos perdendo a satisfação de tê-la como mulher. O desejo de todo homem é receber o agrado da mulher e vê-la produzida e asseada ou cheirosa como se fosse uma donzela bem arrumada esperando pelo seu príncipe encantado para ser levada a uma festa de gala ou ao cinema. A sensualidade da mulher não está no rosto ou corpo bonito, mas sim, no seu sorriso, na sua postura elegante e no seu jeito de ser, andar e tratar as pessoas. Portanto, receba seu marido em casa bem produzida, cheirosa e com um sorriso nos lábios. O bom humor traz alegria e satisfação, pondo fim as briguinhas e discussões. Portanto, receba seu marido como você o recebia quando ele era seu namorado.

O Papel do Homem – O marido deve tratar a mulher como ele tratava sua mãe, quando criança, com carinho, respeito, afeto e amor, além de dar-lhe apoio, proteção, segurança, atenção. Sempre que chegar ao seu lar e encontrar a casa arrumada, comida preparada, filhos asseados e sua mulher toda emperiquitada, o marido deve reconhecer o esforço da mesma e tecer elogios, para que ela se sinta feliz e valorizada. Esse tipo de atitude é que levou minha mulher me aturar por longos 40 anos até que a morte nos separou.

Na maioria das vezes os casamentos são desfeitos porque a mulher se mata no trabalho para deixar a casa em ordem, comida pronta e tudo mais, para agradar o marido, e este nunca elogia a companheira nem se digna em reconhecer o esforço que ela faz. Isto porque, ele vê a esposa apenas como sua cozinheira, lavadeira, engomadeira, faxineira, babá e prostituta do lar.

Ante o não-reconhecimento do marido, a mulher se sente desmotivada e termina se travando e, como conseqüência, vem o estresse, a TPM, o coito doloroso e a frigidez feminina. Tudo isso leva nascer na mente da mulher o desejo de se entregar a outro homem na busca de carinho, atenção e satisfação carnal que termina em adultério e, conseqüentemente, em crime passional ou separação do casal. A culpa de tudo isso é do próprio marido que não valoriza o tesouro que possui. Em lugar de dar carinho e elogiar, muitas vezes o homem vive criticando a mulher causando-lhe mal-estar e constrangimentos.

O que a mulher espera do marido é carinho, amor, respeito, atenção, reconhecimento e distração. Quando ela é marginalizada pelo seu amado, esta se cansa de esperar o reconhecimento do marido, e quando não recebe o que merece como pessoa humana, termina buscando distração fora do casamento. Essa foi a razão de o cantor pernambucano Reginaldo Rossi, em entrevista a uma rede de TV haver declarado categoricamente: “A mulher não trai; se distrai”.
_________________________________________
Wilson Dias, Naturoterapeuta; wilson_terapeuta@hotmail.com

Compartilhar isso:

Sobre Paulo Pinto

Além disso, veja também:

Projeto editorial quer oferecer Bíblia em Português mais fiel ao Texto Recebido

As mudanças no texto bíblico foram tantas que nós nos perguntamos: será que isto não …

1888 Re-Examinado — Apresentação

Por Robert J. Wieland e Donald K. Short “Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos, e …

Deixe uma resposta