Iníco / Relacionamento e Familia / Confissão pública: Igreja realiza grande evento para que televangelista confesse adultério

Confissão pública: Igreja realiza grande evento para que televangelista confesse adultério

Quando perguntaram a Billy Graham se ele era o maior pregador do século XX, ele respondeu: “Esta pergunta deve ser feita a Jimmy Swaggart”. Portanto, estamos diante de uma figura ímpar. Um pregador protestante que teve enorme impacto em sua geração. Possui muitos programas de rádio e televisão em vários países. É cantor com muitos discos gravados e escritor com vários livros escritos,sendo um grande estudioso do Hebraico e grego bíblico.

Normalmente, seus sermões eram acompanhados de músicas alegres cantadas e tocadas por ele mesmo ao piano, coisa que faz até hoje. Jimmy Swaggart influenciou toda uma geração de pregadores pelo mundo afora nos anos 1980, principalmente onde seu programa semanal era transmitido. No Brasil, seu programa era levado ao ar todas as manhãs pela Rede Bandeirantes de Televisão.

Veja a íntegra da confissão:

Jimmy Swaggart esteve no Brasil por 5 vezes, onde lotou estádios como o Maracanã e Morumbi com milhares de pessoas que o amavam e contribuíam com seu ministério participou em 89 de uma cruzada no Mineirinho em Belo Horizonte e ministrou no congresso ministros labaredas de fogo dirigido pela igreja do evangelho quadrangular. Atualmente escreveu a Bíblia de Estudo do Expositor, a qual é referência para pregadores.

O principal evangelista de TV dos EUA, renunciou em 21 de fevereiro de 1988 ao seu ministério, depois ter sido fotografado com uma prostituta em Luisiana. Sua igreja recebeu as fotografias mostrando Swaggart com a prostituta Debra Murphree em um motel. [Obs. Não estamos afirmando que o televangelista norte-americano tenha sido sincero em seu suposto arrependimento. Apenas citamos seu caso como um exemplo de como uma igreja pode lidar com os erros de um pregador famoso, que se tornaram públicos.]

Se preferir, assista à íntegra de toda a programação:

Na frente de uma congregação de 7.000 pessoas em Baton Rouge, Luisiana, ele chorou e confessou a “falha moral”, sem descrever nenhum detalhe.

“Pequei contra vocês e eu imploro seu perdão. Eu não pretendo de forma alguma encobrir o meu pecado ou chamá-lo de um erro”, disse aos chocados membros de seu “Centro de Culto da Família”. Virando-se para sua esposa, Frances, ele disse: “Pequei contra ti, e eu imploro teu perdão”.

A confissão de Swaggart teve ainda maior impacto, já que ele mesmo havia desencadeado, meses antes, um furioso ataque contra seu rival, o também tele-evangelista de TV, Jim Bakker, por este ter cometido adultério com a secretária Jessica Hahn. Bakker foi posteriormente excomungado e demitido de seu ministério na TV.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jimmy_Swaggart

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Papa Francisco prepara o caminho para os Reis do Oriente

Relacionado

Michelson Borges publica texto detonando Bíblia de estudos White

A polêmica “Bíblia White” [Muitas pessoas têm perguntado nas redes sociais se a recém-lançada “Bíblia White” …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.