Iníco / Farsas e Conspirações / Endemoniado atende celular durante exorcismo e irrita pastor[Vídeo]

Endemoniado atende celular durante exorcismo e irrita pastor[Vídeo]

Homem atende celular durante exorcismo e irrita pastor
Homem atende celular durante exorcismo e irrita pastor

Brasileiros estão acostumados a assistirem cenas de exorcismo na TV, mas um vídeo que circula pela internet foge completamente do roteiro que é apresentado nos programas da madrugada.

Um pastor tenta explicar para os fiéis da igreja que é possível expulsar qualquer demônio através do poder de Jesus e chama um homem para ilustrar a pregação.

O homem recebe a oração e cai endemoniado. Tudo parece igual ao que vemos no Brasil até que o homem, supostamente endemoniado, recebe uma ligação e se senta no chão, onde estava caído, para atender ao telefone.

Ao atender ele diz para a pessoa que está do outro lado da linha: “Estou sob unção, você pode entender? Depois eu retorno a ligação. Tchau, tchau”, disse.

Assim que ele encerra a ligação, ele guarda o telefone no bolso, se vira para o pastor e diz: “continue”.

O pastor, indignado, questiona: “continuar com o quê?”. O rapaz responde que era para continuar com o exorcismo, mas o pastor fica nervoso e pede para ele ir embora. “Continuar? Você sabe quantos demônios já expulsei na minha vida? Tome seus demônios e saia daqui”, disse o pastor irritado.

O vídeo está em inglês, mas é possível entender o que está acontecendo, tanto que diversos sites noticiosos do Brasil estão repercutindo esta informação. Com informações The Christian Post.

Compartilhar isso:

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Denúncia: USB atinge nível de batismos e dízimos da União Paraguaia

Assista e comente. Relacionado

IASD brasileira deveria homenagear “apóstatas” e “dissidentes”!

Frederich Dressler, filho de um pastor luterano, na Alemanha, foi expulso de seu país por …

Deixe uma resposta