Iníco / Nova Ordem Mundial, Tempo do fim / Folha de São Paulo: Nasa promete anunciar o que pode ser a maior descoberta sobre Marte

Folha de São Paulo: Nasa promete anunciar o que pode ser a maior descoberta sobre Marte

Sinais de sedimentos de um lago em Marte fotografados pelo jipe-robô Curiosity

A Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) convocou uma conferência para anunciar o que pode ser a maior descoberta sobre o planeta Marte até agora. O comunicado da agência fala em “mistério de Marte resolvido”.

O evento acontecerá nesta segunda-feira (28), às 10h30 (horário de Brasília). Participarão do anúncio o diretor de ciências planetárias da Nasa, Jim Green, o chefe do Programa de Exploração de Marte, Michael Meyer, entre outros pesquisadores da agência.

A conferência terá transmissão ao vivo pelo site da Nasa. Após o anúncio, além de uma coletiva de imprensa, a agência espacial responderá a perguntas enviadas pelas redes sociais, por meio da hashtag #AskNasa.

METANO

Em dezembro do ano passado, a Nasa anunciou que a sonda Curiosity detectou emissões de metano que duraram cerca de dois meses.

Como uma das principais fontes desse tipo de emissão é a atividade biológica, especulou-se que poderiam existir micro-organismos no “Planeta Vermelho”, o que não foi confirmado até agora.

Além da Curiosity, a Nasa mantém outro jipe-robô em solo marciano, o Opportunity, que está no planeta há 11 anos.

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Conferência Geral da IASD decide não investir mais em fábricas de armas

Segundo comunicado oficial, a IASD mundial deu ordens ao setor de investimentos para deixar de …

Doutor em Geofísica responde: Quem acredita na Terra plana é burro, ou fugiu da escola?

Afonso de Vasconcelos é doutor em geofísica pela USP. Reside nos Estados Unidos, crê no …

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.