Iníco / Noticias Adventistas / NOVAS ACUSAÇÕES CONTRA O FBI: David Koresh Foi Vítima de Tentativa de “Controle Remoto Mental”

NOVAS ACUSAÇÕES CONTRA O FBI: David Koresh Foi Vítima de Tentativa de “Controle Remoto Mental”

“O tempo de agonia e angústia que diante de nós está, exigirá uma fé que possa suportar o cansaço, a demora e a fome – fé que não desfaleça ainda que severamente provada. O tempo de graça é concedido a todos, a fim de se prepararem para aquela ocasião. Jacó prevaleceu porque era perseverante e decidido. Sua vitória é uma prova do poder da oração importuna. Todos os que lançarem mão das promessas de Deus, como ele o fez, e como ele forem fervorosos e perseverantes, serão bem-sucedidos como ele o foi. …Quando ondas de desespero que linguagem alguma pode exprimir assoberbam os que fazem suas súplicas, quão poucos se apegam com fé inquebrantável às promessas de Deus!” – O Grande Conflito, pág. 621.

Segundo informações do site do Movimento Internacional pelo Fim do Uso de Armas de Radiofreqüência para o Controle da Mente Humana, nos anos de 93 e 94 os semanários Defense ElectronicsNewsweek e Village Voice publicaram a informação de que Igor Smirnov, da Academia de Medicina de Moscou demonstrou ao serviço secreto dos Estados Unidos e peritos do FBI um dispositivo capaz de implantar subliminarmente pensamentos na mente das pessoas e desse modo controlar suas ações. De acordo com as notícias publicadas, o FBI teria considerado a possibilidade de usar esse equipamento contra David Koresh e seus seguidores durante o cerco em Waco.

O aparelho teria sido desenvolvido com objetivos médicos e permite a transmissão de ordens ou perguntas inaudíveis para o paciente mas perceptíveis ao seu cérebro, que se predispõe imediatamente a obedecê-las ou respondê-las. Essa reação é registrada pelo encefalograma e analisada por um computador. Desse modo, Igor Smirnov desenvolve muito rapidamente uma psicanálise perfeita, sem que nenhum mecanismo mental bloqueie ou impeça o conhecimento da verdade sobre o paciente. Então, usando mais uma vez o equipamento que mistura suas mensagens subliminares a músicas relaxantes, o psiquiatra determina ao paciente o que deve fazer. Outra aplicação do dispositivo, segundo Smirnov, seria o uso didático para assimilação de conhecimentos úteis.

Perguntado por jornalistas se o aparelho poderia fazer com que as pessoas elegessem este ou aquele candidato, o Dr. Igor Smirnov respondeu que a princípio sim, sem muita dificuldade, desde que transmissões ultrassônicas fossem misturadas à programação do rádio e da tevê.Segundo reportagem publicada na edição do dia 30 de julho de 90 da revista Newsweek, pág. 61, tecnologia semelhante foi usada pelas tropas americanas na guerra do golfo pérsico, através de radares especiais e detransmissões na mesma freqüência da radiocomunicação inimiga.

Sobre sua participação em Waco, Igor Smirnov contou ter sugerido que vozes de crianças e familiares dos davidianos fossem misturadas ao barulho das sirenes dos carros de polícia, convidando-os a desistir e se entregar. Outra sugestão foi usar transmissões inaudíveis em telefonemas que convencessem a Koresh de que o próprio Deus lhe estava falando, em sua mente. Assim, durante as negociações telefônicas, foram-lhe transmitidas subconscientemente “ordens divinas” de rendição gravadas pelo ator Charlton Heston, contou posteriormente a revista Newsweek (22/08/94).

Perigo à Vista!

Relato de pessoas do mundo inteiro, que se descobrem vítimas de experiências psicotrônicas de controle mental, surgem em número cada vez maior na internet. Os principais sintomas costumam ser a audição de vozes interiores, mudanças súbitas do estado mental e distúrbios de sono. Alguns chegam a sentir que sua mente estaria sob o comando de outra pessoa, ou que haveria alguém dentro dela. Já houve também casos de pais que descobriram que seus filhos tinham sofrido implantes de receptores cerebrais em inocentes operações da amígdala.

Seria essa a explicação para o crescente número de indivíduos que se sentiram impelidos por estranhas vozes a matar, como ocorreu recentemente no cinema de um shopping em São Paulo? Pessoas inescrupulosas estariam incluindo mensagens subliminares sob a trilha sonora dos sangrentos filmes da atualidade? Quem pode garantir que a programação das grandes redes mundiais de rádio e tevê não está contaminada com mensagens espúrias, de um poder que pretende dominar o mundo? E os CDs do papa João Paulo II ou do Padre Marcelo, só contêm música?

Com o “fanático” David Koresh e seus seguidores, as transmissões subliminares parecem não ter funcionado. Onde foi que os especialistas falharam? O segredo seria suas firmes convicções religiosas? Acreditar no Apocalipse e na teoria conspiratória para o estabelecimento de uma Nova Ordem Mundial poderia ser uma espécie de antídoto? O relatório do Projeto Armagedom disponibilizado na internet parece sugerir que sim. – Robson Ramos

Publicação original; http://www.adventistas.com/novembro/sin06119906.htm

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

TERRA PLANA, O GALO e o Canal Verdade Revelada

Relacionado

Conheça o pensamento do pioneiro adventista terraplanista, Alex Gleason

EM INGLÊS. Se não compreender, configure a tradução automática de legendas do Google do Inglês …

Deixe uma resposta