Iníco / Sã Doutrina / O DEUS INDECISO E AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

O DEUS INDECISO E AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

Para podermos definir o que é verdade, devemos em primeiro lugar de qual fonte a proposta desta verdade jorrou.

Se for de uma fonte que jorra somente água doce é confiável, se for de uma fonte que jorra água doce e amarga deve ser questionada e rejeitada.

Da verdade é impossível sair mentira, mas da mentira que também é impossível jorrar verdade é possível aparecer uma meia verdade.

A meia verdade nunca será uma verdade bem como uma verdade nunca será uma mentira.

Se hoje algo é verdade e amanhã passa a ser mentira é porque nunca foi verdade.

Se a verdade pode ser modificada é porque nunca foi verdade, pois a verdade é imutável, podendo ter variações de entendimento, mas a verdade em si sempre será o que é.

DEUS MUDOU OU NÃO?

Será que em Jeová Deus há sombra de variação -Tiago 1:17?

Quando a religião ensina alguma coisa como sendo verdade revelada por Deus e depois modifica esta verdade, podemos concluir que esta verdade é de uma fonte que jorra água doce e amarga, ou seja, a igreja sempre mentiu e para justificar sua verdade como sendo verdade, usa a teologia e seus conhecimentos pastorais para embutir um pouco de verdade e assim enganar o povo que preferem dar crédito a igreja e ignorar a Bíblia.

Tiago 1:17  – Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, EM QUEM NÃO HÁ MUDANÇA NEM SOMBRA DE VARIAÇÃO.

Porque será que os Testemunhas de Jeová estão sempre mudando, se em Jeová não sombra de variação?

TRANSPLANTES DE ÓRGÃOS 

SÃO PROIBIDOS?

  1. NÃO. A Sentinela, de 01/02/1963, pág. 96
  2. SIM. A Sentinela, de 01/06/1968, pág. 349
  3. NÃO. A Sentinela, de 01/09/1980, pág. 31

AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ 

MODIFICARAM OU NÃO SUAS VERDADES? 

Pode a verdade dada por Jeová retroceder ou ser modificada? Tiago 1:17.

OS HABITANTES DE SODOMA E GOMORRA 

VÃO RESSUSCITAR?

  1. NÃO. A Sentinela, 01/06/1988, pág. 31.
  2. SIM. Poderá Viver…,pág. 179, edição de 1982.
  3. NÃO. Revelação Seu Grande Clímax…, pág. 273
  4. SIM. Estudo Perspicaz…, pág. 985 (vol. 2 em inglês)
  5. NÃO. Poderá viver…, pág. 179, edição de 1989.
  6. SIM. A Sentinela, 01/08/1965, pág. 479 (em inglês)
  7. NÃO. Do Paraíso Perdido ao Paraíso Recuperado, pág. 236

Se é verdade que a vereda dos justos “brilha mais e mais” por vontade de Jeová, então, se em 1964 foi mudado o conceito de NÃO RESSUSCITAR, para RESSUSCITAR, foi sinal que Jeová lançara uma nova luz sobre a sua organização. Mas, como poderia o mesmo JEOVÁ, 24 anos depois, enviar uma outra luz contradizendo a luz anterior?

O DEUS QUE FRACASSOU EM SUAS 

PREVISÕES

Para meditação há este texto que afirma categoricamente que as profecias de Deus não falha, e se um profeta falar de um acontecimento e este não se realizar conforme suas palavras, não devemos respeitar este profeta, pois o mesmo mentiu ao afirmar que foi Deus quem o revelou:

Se um profeta presunçosamente falar em meu nome alguma palavra que eu não lhe mandei falar ou falar em nome de outros deuses, esse profeta deverá morrer. Mas talvez você diga no seu coração: “Como saberemos que Jeová não falou essa palavra?” Quando o profeta falar em nome de Jeová e o que ele disser não acontecer nem se cumprir, então Jeová não falou aquela palavra. O profeta a falou presunçosamente. Você não deve ficar com medo dele. Deut. 18: 20 – 22. Trad. Novo Mundo.

Esta é a condição do profeta que menti ou afirma que a palavra ou profecia é revelação de Deus:

Vocês são filhos do seu pai, o Diabo, e querem satisfazer os desejos do seu pai. Ele foi um assassino quando começou, e não permaneceu na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele fala a mentira, está fazendo o que lhe é próprio, porque é um mentiroso e o pai da mentira. João 8: 44. Trad. Novo Mundo.

  1. FIM DO MUNDO – Em 1876, Charles T. Russellescreveu o primeiro de muitos artigos em que apontava para 1914 como o ano do fim dostempos dos gentios mencionados por Jesus Cristo. (Lucas 21:24 Almeida, versão Corrigida e Fiel). No seu número de 15 de outubro de 1913, A Sentinela (em inglês) declarou:

“Segundo o melhor cálculo cronológico de que somos capazes, é aproximadamente nessa época — em outubro de 1914, ou então mais tarde. Sem dogmatizar, estamos aguardando certos eventos: (1) O fim dos Tempos dos Gentios — a supremacia gentia no mundo — e (2) o início do Reino do Messias no mundo.”

No The Bible Students Monthly (Volume VI, nº 1, publicado no início de 1914), Russell escreveu:

“Se temos a correta data e cronologia, os Tempos dos Gentios findarão este ano — 1914. O que significa isso? Não sabemos com certeza. A nossa expectativa é de que o domínio ativo do Messias começará por volta do fim da concessão de poder aos gentios. A nossa expectativa, certa ou errada, é que ocorrerão maravilhosas manifestações dos julgamentos divinos contra toda a injustiça, e que isto significará o colapso de muitas instituições atuais, se não de todas.”

A revista A Sentinela (em inglês) de 15 de abril de 1916, declarou:

“Cremos que as datas revelaram ser bem corretas. Cremos que os Tempos dos Gentios findaram.” Contudo, acrescentou:“O Senhor não disse que a Igreja toda seria glorificada em 1914. Nós meramente inferimos isso e, evidentemente, erramos.”

  1. 1925 O ANO DA IMORTALIDADE – O discurso Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão, proferido por J. F. Rutherfordem 21 de março de 1920 no Hippodrome, na cidade de Nova IorqueEstados Unidos da América, dirigiu atenção ao ano de 1925. Num folheto publicado naquele mesmo ano, foi dito que, se 70 plenos jubileus fossem calculados a partir da data em que Israel, segundo se entendia, entrou na Terra Prometida, isso poderia apontar para o ano de 1925. À base do que se escreveu ali, muitos esperavam que os que possuíam esperança celestial recebessem a sua recompensa no Céu em 1925. Esse ano também foi relacionado com a expectativa de ressurreição de fiéis servos de Deus pré-cristãos, para que servissem na Terra como príncipes representantes do Reino celestial. Se isso realmente ocorresse, isso significaria que a humanidade entraria numa era em que a morte deixaria de dominar e milhões que então viviam podiam ter a esperança de nunca desaparecer da Terra. Embora equivocada, os Estudantes da Bíblia, como eram então conhecidas as Testemunhas de Jeová, partilharam ansiosamente essa esperança com outros. Os cálculos de tempo e as expectativas criadas causaram sérios desapontamentos. Depois de 1925, a assistência às reuniões caiu drasticamente em algumas congregações, especialmente em alguns países Europeus.
  2. 1975 REINO MILENAR DE CRISTO – As Testemunhas já por muito tempo partilhavam a crença de que o Reinado Milenar de Cristo viria depois de 6.000 anos de história humana. O livro Vida Eterna — na Liberdade dos Filhos de Deus, lançado (em inglês) numa série de Congressos de Distrito em 1966, apontava para 1975 como a época em que se perfazia seis milênios desde a criação de Adão. Ainda no local, quando os congressistas examinaram o conteúdo, o novo livro suscitou muitos comentários sobre 1975.

No congresso realizado em BaltimoreMarylandEstados Unidos da América, o discurso concludente foi proferido por F. W. Franz. Ele começou por dizer:

“Pouco antes de subir à tribuna, um jovem aproximou-se de mim e disse: ‘Diga-me, que significa esse 1975?'” Franz mencionou muitas perguntas feitas sobre se a matéria no novo livro quereria dizer que em 1975 o Armagedom ocorreria. Ele acrescentou, em síntese: “Pode ser. Mas não estamos dizendo isso. Todas as coisas são possíveis a Deus. Mas não estamos dizendo isso. E que ninguém seja específico ao falar sobre o que irá acontecer a partir de agora até 1975. Mas, prezados irmãos, a grande questão é: o tempo é curto. O tempo está-se esgotando, não resta dúvida sobre isso.”

AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ QUE 

QUESTIONARAM A DATA DE 1975 FORAM 

EXPULSAS DA IGREJA

Nos anos que se seguiram a 1966, muitas Testemunhas de Jeová começaram a criar vivas expectativas que, evidentemente, não se cumpriram. O livro Testemunhas de Jeová – Proclamadores do Reino de Deus, publicado pela Sociedade Torre de Vigia, em 1993, na página 633, após mencionar as expectativas referentes a 1925 informa:

“De novo, em 1975, houve desapontamento quando as expectativas sobre o início do Milênio não se concretizaram. Em resultado, alguns se afastaram da organização. Outros, porque tentaram subverter a fé de associados, foram desassociados. Sem dúvida, o desapontamento com relação à data era um fator, mas, em alguns casos, as raízes eram mais profundas.”

Referente ao que se falou sobre 1975, o livro admitiu, na página 104:

“Outras declarações foram publicadas sobre esse assunto, e algumas foram provavelmente mais taxativas do que seria aconselhável.”

A Sentinela, no seu número de 15 de janeiro de 1977, comentou que não era aconselhável fixarmos a vista em determinada data, dizendo: “Caso alguém tenha ficado desapontado, por não seguir este raciocínio, deve agora concentrar-se em reajustar seu ponto de vista, por não ter sido a palavra de Deus que falhou ou o enganou e lhe causou desapontamento, mas, sim, seu próprio entendimento baseado em premissas erradas.” Ao dizer “alguém”, A Sentinela incluiu todos os desapontados entre as Testemunhas de Jeová, portanto, inclusive os que tinham que ver com a publicação da informação que contribuiu para criar as esperanças que giravam em torno daquela data.”

DESCULPAS ESFARRAPADAS

Às acusações de profecias falsas, as Testemunhas de Jeová respondem por referir que nunca afirmaram ser inspirados por Deus como acontecia com os profetas dos tempos bíblicos, com os Apóstolos e muito menos com Jesus Cristo, o Messias, a quem o contexto das palavras de Deuteronômio citadas acima evidentemente se referia. A Sentinela, expressou várias vezes esse conceito. Por exemplo, afirmou em janeiro de 1883, página 425:

“Não temos o dom da profecia.”

Reiterou esta posição em 15 de dezembro de 1896, página 306:

“Não desejamos que os nossos escritos sejam reverenciados ou considerados infalíveis.”

Com referência à sua crença de que alguns são ungidos pelo espírito de Jeová, a revista disse também em setembro de 1947, página 135:

“Não significa que os que servem agora como testemunhas de Jeová são inspirados. Não significa que os escritos nesta revista A Sentinela são inspirados e infalíveis e sem erros.”

Acrescentou em 15 de agosto de 1950, página 263:

“A Sentinela não se diz inspirada em suas pronunciações nem é dogmática.”

Mais recentemente, em 15 de agosto de 1981, página 19, reconheceu:

“Os irmãos que preparam essas publicações não são infalíveis. Seus escritos não são inspirados assim como eram os de Paulo e dos outros escritores bíblicos. (2 Timóteo 3:16) E assim, às vezes, tornou-se necessário corrigir conceitos, conforme o entendimento se tornou mais claro (Provérbios 4:18).”

O DEUS QUE FRACASSOU EM SUAS 

PREVISÕES – II

  1. 1899“…a ‘batalha do grande dia do Deus Todo-poderoso’ (ap 16:14), que terminará em 1914 com a comleta ruína do atual estado da tera já começou.” The Time Is at Hand, page 101 (1908 edition).
  2. 1897“Nosso Senhor, o Rei indicado, está agora presente, desde outubro de 1874,” Studies in the Scriptures, Vol. 4, page 621.

III.                    1916 “A cronologia bíblica aqui apresentada mostra que seis grandes dias de 1000 anos, começando em Adão, estão terminando e o grande sétimo dia, o reino de 1000 anos de Cristo, começou em 1873.” The Time Is at Hand, page ii, (forward).

  1. 1918“Entretanto, nós podemos, confiadamente, esperar que 1925 será marcado pelo retorno de Abraão, Isaque, Jacó e dos profetas, particularmente daqueles nomeados pelo apóstolo em Hebreus 11, para a condição de perfeição humana.” Millions Now Living Will Never Die, page 89.
  2. 1922“A data 1925 é mais distintamente indicada nas escrituras que a de 1914.” The Watchtower 9/1/22, page 262.
  3. 1923“Nosso pensamento é que 1925 está definidamente indicado pelas escrituras. Assim como Noé, o cristão de hoje tem muito mais em que basear a sua fé do que Noé tinha para basear a sua fé no dilúvio vindouro.” The Watchtower, PAGE 106 4/1/23.

VII.                    1925 “O ano de 1925 chegou. Com grande expectativa cristãos tem esperado por este ano. Muitos estão confiantemente esperando que todos os membros do corpo de Cristo sejam transformados para a glória celestial durante este ano. Isto pode acontecer ou não.  No Seu devido tempo Deus irá cumprir seus propósitos concernentes ao Seu povo. Os cristãos não deveriam estar, estão, ansiosos acerca do que pode acontecer este ano.”The Watchtower, 1/1/25, page. 3.

1925 “Era esperado que Satanás tentaria injetar nas mentes dos santos, o pensamento que em 1925 deveriam ver o fim da obra.” The Watchtower, Sept, 1925 page 262.

VIII.                    1926 “Alguns anteciparam que esta obra terminaria em 1925, mas o Senhor não estabeleceu isto. A dificuldade é o amigos insuflaram suas imaginações além da razão; e que quando as suas imaginações estouraram em pedaços, eles estavam inclinados a aceitar qualquer coisa.”The Watchtower, page 232.

  1. 1931“Existe uma medida de desapontamento da parte daqueles que crêem em Jeová a respeito dos anos de 1917, 1918 e 1925 … e els também aprenderam a parar de fixar datas.” Vindication, page 338.
  2. 1941“Recebendo o presente, a crianças marchando unidas umas às outras, não por um brinquedo ou por um tempo de diversão, mas o instrumento levantado por Deus para a obra mais efetiva nos meses que restam antes do Armageddon.” The Watchtower, 9/15/41, page 288.
  3. 1968“Verdade, existiu, no passado, quem predissesse o ‘fim do mundo’, inclusive especificando uma data. Nada ainda aconteceu. O ‘fim’ ainda não veio. Eles são culpados de falsas profecias. Por quê? O que estava faltando?  … Estava faltando aquele povo a quem Deus dirige e evidencia que os está guiando e usando.” Awake, 10/8/68.

1968 “Porque você está olhando para 1975?” The Watchtower, 8/15/68, page 494.

Uma T.J. poderá dizer que a organização ainda está aprendendo. Se é assim, quanto eles podem confiar naquilo que eles estão aprendendo agora da Sociedade? O que eles estão aprendendo agora não irá mudar depois?

Um verdadeiro profeta de Deus não erra uma profecia. Somente um falso profeta erra. A organização das Testemunhas de Jeová, que proclama ser profeta de Deus, é na realidade um falso profeta. Jesus avisou-nos a respeito, dizendo: “porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.” (Mt 24:24).

Tomem cuidado com os falsos profetas, que se chegam a vocês em pele de ovelha, mas que por dentro são lobos vorazes. Pelos seus frutos vocês os reconhecerão. Será que se colhem uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Do mesmo modo, toda árvore boa produz fruto bom, mas toda árvore ruim produz fruto imprestável. A árvore boa não pode dar fruto imprestável, nem pode a árvore ruim produzir fruto bom. Toda árvore que não produz fruto bom é cortada e lançada no fogo. Realmente, então, pelos seus frutos vocês reconhecerão esses homens. Mat. 7: 15 – 20.

A verdade que uma hora é verdade e depois deixa de ser verdade é porquer nunca foi verdade, ou a mentira que uma hora é mentira e depois deixa de ser uma mentira é porque sempre foi uma mentira.

A verdade não muda, não modifica, não pode ser alterada.

A decisão é sua: Crer em falsas profecias bem como nos falsos profetas.

Por: Eurias R. Carneiro.

Compartilhar isso:

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Como os “pastores” usam a hipnose em seus cultos para enganar

Relacionado

DESMASCARANDO AS MENTIRAS CONTRA O APÓSTOLO PAULO

Relacionado

Deixe uma resposta