• O Maior Mandamento

  • Seria mera Coincidência???

  • Até quando voces vão bancar esses bandidos? Dê seu dízimo aos necessitados!!!

  • Onde esta escrito que existe 3 deuses?

  • Estude as Escrituras para não ser enganado!

  • Tem certeza que é pra comer e beber em memoria de Jesus?

Artigos Recentes

Quadrado Mágico do 666: Qual a relação entre a China atual e a antiga Babilônia?

Antes de tudo, como explica o Pastor Samuel Ramos, convém observar que os habitantes de Babilônia utilizavam o sistema sexagesimal (com base em 60), do qual obtivemos 60 minutos para cada hora, 60 segundos para 1 minuto, 360 (60 x 6) graus em um círculo e 60 graus em cada canto visível de um triângulo equilátero. Se 360 ​​dividido por 10, você obtém 36, assim como se você multiplicar 6 por 6, obtemos 36. Daí o número 666. Leia Mais… »

Suicídio espiritual: Feminismo, ecumenismo e a agenda LGBT +, quando adventistas do sétimo dia participam de sua própria morte

22 de junho de 2020 por Andy Roman

O Observatório Inter-religioso sobre Violência contra a Mulher (OIVD).

Por que nos alinharíamos com movimentos anti-bíblicos? Alguém poderia pensar que os adventistas do sétimo dia resistiriam ao levante social da agenda LGBT +, feminismo e ecumenismo. Esses movimentos liberais ímpios estão determinados a destruir o adventismo. Em vez de se oporem a esse ataque à nossa fé, líderes fracos preferem se juntar ao coro da revolução anti-religiosa. Leia Mais… »

Fuga das cidades: Será você um neo-ruralista?

Se você sente que as cidades não oferecem mais o que você precisa para ter uma vida feliz com sua família e vê no campo a chance de “retomar as raízes”, talvez você faça parte desse grupo chamado “neo-ruralistas”. Vamos investigar melhor esse termo no texto de hoje!

Quem são os neo-rurais?

Talvez você pense que este é mais um daqueles termos inventados apenas para que algumas pessoas sintam-se especiais ou parte de um grupo diferenciado, mas não. Ele não é a representação de uma “tribo”, e sim de um fenômeno que vem acontecendo na últimas décadas: são o fruto do êxodo urbano. Leia Mais… »

Vacinação compulsória que altera geneticamente o corpo humano… Já não somos “seres humanos”? Era Tecnotrônica e Eugenia, a teoria da conspiração mais real do que se imagina.

Os “guardiões do portal” da chamada pandemia do Corona nos forçarão as vacinas, sem as quais não poderemos voltar à normalidade? O que realmente significa a “nova normalidade”?Esse artigo foi publicado originalmente em alemão em http://www.pbme-online.org, em 14 de maio de 2020. Tradução do alemão por M.L.Oberem.

São essas questões que são intensamente debatidas no momento: há especulações, insinuações e, novamente, negação. A resistência está aumentando entre a população, se é que existe, por um senso de premonição.

Segundo a Dra. Claudia von Werlhof, socióloga e professora de ciências políticas, a questão central de todo esse debate nem começou a ser abordada.

Os eventos atuais devem ser vistos em um contexto muito maior. Em sua análise, ela antecipa uma variedade de cenários, todos seguindo um “plano” muito maior e já existente – pertencente ao campo do “transhumanismo”, o paradigma aparentemente inevitável da 4ª Revolução Industrial. A menos que…. Leia Mais… »

A estranha fixação de João Dória pelo número 666, salas pintadas de preto e o apoio do Anticristo chinês

O geofísico Afonso de Vasconcelos percebeu uma incrível fixação do atual governador do Estado de São Paulo, João Dória, pelo número 666, desde o tempo em que foi prefeito da Capital paulista. Para completar a estranha obsessão, o “nosso amiguinho” (da IASD) João Dória gastou milhares de reais para pintar de preto o interior de boa parte do Palácio Bandeirantes, além de vender São Paulo para a China, comandada pelo Anticristo comunista Xi Jinping. Leia Mais… »

“Seu deus é Xi Jinping”: uigures são ridicularizados e torturados nos campos de concentração chineses por sua fé

https://i1.wp.com/www.adventistas.com/wp-content/uploads/2020/06/campos-concentracao-Uighur-2-768x474.jpg?resize=618%2C381

Uigures detidos ouvindo uma apresentação de “desradicalização” em um campo de reeducação, em uma foto postada na conta WeChat da Administração Judicial de Xinjiang, Prefeitura de Hotan, Xinjiang, 2017

Por Jeffrey Cimmino

Apesar das repetidas alegações das autoridades chinesas de que os campos de internação cheios principalmente de uigures étnicos são centros de educação profissional, os muçulmanos uigures que sobreviveram aos campos dizem que os presos foram espancados e mortos. Leia Mais… »