Iníco / Dízimos e Ofertas / Pastores, me perdoem…

Pastores, me perdoem…

Sinceramente, peço perdão por não ser mentiroso e falso ao dizer a verdade e por obrigação, denunciar lideranças eclesiásticas, os tais pastores que são:

• sacerdotes centralizadores de poder ainda no tempo da graça;
• constroem prédios religiosos em detrimento à ajuda aos pobres e necessitados;
• obrigam aos dízimos para manutenção destes safados e de seus templos;
• adestramento da membresia;
• homens corruptos de entendimento, mercenários, mentirosos, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho;
• resistem à verdade, corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé;
• entenebrecidos, separados da vida de DEUS pela ignorância que há neles, pela dureza do coração;
• são impuros, contaminados e infiéis;
• antes o entendimento e consciência estão contaminados;
• inimigos no entendimento pelas suas obras más!!

Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.

http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/agMjL/~3/fz1y9ydzSgw/pastores-me-perdoem.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email

Compartilhar isso:

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Excluído da IASD – Testemunho Antonio Jarina Goiânia

Relacionado

PAPA FRANCISCO ATACA A ORAÇÃO DO PAI NOSSO!

Relacionado

Um Comentário

  1. O PASTOR que não consegue seguir a OBRA DE DEUS em sua igreja, sem A PRATICA DO DÍZIMO. Só tem uma resposta. A IGREJA que ele pastoreia, não é PLANO DE DEUS, e nem da sua vontade, pois se fosse de fato uma CASA DE ORAÇÃO como diz a sua PALAVRA, esta é SUPRIDA de todas as NECESSIDADES pelas OFERTAS DE AMOR das OVELHAS DO SENHOR. Alguém DUVIDA disso? Hoje igrejas são abertas aos montões, a cada esquina abre-se uma, mais a FINALIDADE é a SALVAÇÃO, a finalidade é o LUCRO FÁCIL. Meu email. alonsocarrera@hotmail.com

Deixe uma resposta