Iníco / Nova Ordem Mundial, Tempo do fim / Profecia científica: Mega-Terremoto pode destruir a Costa Noroeste do Pacífico dos EUA, diz relatório

Profecia científica: Mega-Terremoto pode destruir a Costa Noroeste do Pacífico dos EUA, diz relatório

071515_earthquake

Autoridades e cientistas norte-americanos alertam para o risco de um grande terremoto na costa noroeste dos Estados Unidos. A previsão é que atinja 9,2 graus na escala Richter, mate pelo menos 13 mil pessoas, fira cerca de 27 mil e desabrigue de 500 mil a dois milhões de pessoas. O fenômeno se repete a cada 240 anos e já estaria 75 anos atrasado.

Para o pastor adventista do sétimo dia, Samuel Ramos, esse mega terremoto que vai destruir cidades inteiras na costa noroeste dos Estados Unidos desde o Canadá até a região de Sacramento na Califórnia, atingindo uma área de 700 milhas, ou seja mais de 1.200 km, será provavelmente um cumprimento da profecia que anunciará a chegada do decreto dominical e o selameno do povo de Deus. “Aleluia, chegou o fim!”, comentou em sua conta no Facebook.

“Quem precisar de legenda em português assistindo ao vídeo no YouTube, existe essa possibilidade. Basta clicar no botão cc e escolher a língua,” sugere.

E recomenda: “Não divulgueem nenhuma data, mês ou dia para que o terremoto aconteça, porque Satanás quer enfraquecer essa mensagem. Aí, se não se cumprir no mês mencionado, muitos desacreditarão. Estejam preparados vigiando e orando e não marquem data.”

Ouça o comentário do apresentador do prograna Jesus Está Voltando:

Audio Player

00:00
00:00

Vídeo publicado em 15 de julho de 2015, às 16:42:

Via Shepard Smith Informes

Um novo informe científico prevê que um mega-terremoto poder matar um número estimado de 13.000 pessoas e destruir uma parcela considerável da Costa do Noroeste do Pacífico nos Estados Unidos.

E sabe o que é pior? Ele está atrasado!

O jornal New Yorker informou que cálculos da FEMA mostram que esse tipo de terremoto acontecm em intervalos regulares nesta parte específica do mundo, aproximadamente a cada 240 anos.

O último foi há mais de 300 anos atrás, em 1700, quando um terremoto na regiãoprovocou uma onda de cerca de 200 metros de altura por todo o caminho para o Japão.

Map_6

Michio Kaku, um físico e professor do City College de Nova York, disse ao jornalista Shepard Smith, hoje, que o preocupante artigo não exagera o perigo.

“O tremor na falha de Cascadia é um terremoto que já se espera que irá acontecer”, afirmou Kaku. “Sabemos que vai acontecer com uma energia 30 vezes maior que a energia máxima da falha de San Andreas.”

Plate_0

Kaku disse que Hollywood fez uma “lavagem cerebral” levando as pessoas a pensar que a Califórnia é o lugar onde o próximo terremoto vai acontecer.

Acrescentou que antes do mega-tremor realmente atinge, existe uma onda de compressão, que é detectada pelos animais.

“Os animais começam a agir muito estranho. Nós já vimos isso acontecer antes de terremotos”, disse Kaku. “E, em seguida, um minuto, dois minutos depois, boom!”

O massivo terremoto, com uma magnitude de até 9,2, duraria cerca de quatro minutos, segundo os sismólogos, com uma parede de água se levantando cerca de 15 minutos mais tarde.

Kaku disse que está preocupado que muitos dos 70.000 moradores da potencial “zona de inundação”. Eles têm muito pouco conhecimento sobre este risco.

“Mal sabem ler preços na tela do computador”, disse ele.

Shep perguntou a Kaku se ele iria viver no noroeste do Pacífico, tendo filhos.

“Eu pensaria duas vezes”, disse ele, aconselhando os moradores a educar seus filhos em preparação para essas emergências, ensinado o que fazer em caso de um terremoto.

Fontes: http://www.newyorker.com/magazine/2015/07/20/the-really-big-one

http://insider.foxnews.com/2015/07/15/massive-mega-earthquake-will-destroy-pacific-northwest-scientists-predict

Onda chegará à costa noroeste dos Estados Unidos com quase 30 metros de altura

1. A Terra parece um quebra-cabeça, em que as peças são as placas tectônicas blocos gigantes que sustentam continentes e oceanos e que vivem se movendo. A região mais ameaçada por um novo megatsunami é um ponto de atrito entre uma pequena placa oceânica chamada Juan de Fuca e uma das principais placas da Terra, a norte-americana.

2. O tsunami na região pode ter início com um terremoto provocado pela aproximação entre as placas. A Juan de Fuca se move em direção à placa norte-americana numa velocidade de 2 a 5 cm por ano o que é rápido na escala planetária. Isso causa uma forte pressão na zona de contato entre elas, que é chamada de falha de Cascadia.

3. A pressão aumenta lentamente com o passar dos anos e, devido ao acúmulo dela, a placa norte-americana vai se deformando. Vai chegar um momento em que as placas não suportarão mais, e a pressão acumulada causará um repentino deslizamento de uma placa por baixo da outra. Ou seja, um grande terremoto.

4. Nessa movimentação, enquanto a placa Juan de Fuca entra por baixo, a norte-americana “sobe”. Depois de aliviada a pressão, as duas placas retornam às suas posições, mas geram uma movimentação do fundo do mar. Essa chacoalhada desloca uma grande coluna de água vertical, formando uma onda gigante. É o início do tsunami.

5. Quando a onda se forma, tem cerca de 2 metros de altura. Porém, ao se deslocar em alto-mar, pode diminuir para cerca de 10 cm. Ela se torna imperceptível para navios, masviaja no meio do oceano a 500 km/h e carrega 200 trilhões de toneladas de água! Por isso, só levará 15 minutos para atingir a costa do Canadá e dos Estados Unidos.

6. Ao atingir o fundo mais raso, próximo da costa, a velocidade da onda cai para cerca de 50 km/h, mas é aí que sua altura aumenta absurdamente: os maiores tsunamis já registrados tinham cerca de 30 metros! Os cientistas estão prevendo que uma onda de 27 metros atingirá a costa oeste americana.

7. A onda deve chegar primeiro a Vancouver, no Canadá, e depois arrasar cidades costeiras do estado americano de Washington, como Bellingham, Port Angeles e Seattle. O Oregon e o norte da Califórnia também correm perigo. Estima-se que a onda chegue ao Alasca em quatro horas. Do outro lado do oceano, o Japão pode ser atingido em nove.

8. Planos de emergência já fazem parte da educação da população dos locais ameaçados e, por isso, é possível que morra bem menos gente do que as 260 mil vítimas do tsunami de 2004, na Ásia. Mas o prejuízo material certamente será maior. Desta vez, correm mais risco de inundação cidades grandes como Vancouver e Seattle que, juntas, reúnem mais de 1 milhão de pessoas.

Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/em-que-lugar-da-terra-pode-acontecer-um-novo-megatsunami

Terremoto vai devastar costa noroeste de continente em breve, diz sismologista

8d013nk3d9ph4yinxc9gx8vo1

Menor fenômeno que pode ocorrer seria como o que provocou um tsunami e arrasou a costa do Japão em 2011

O DIA

Estados Unidos – Sismologistas entrevistados pelo “New Yorker” revelaram que um grande terremoto, que vai causar mais danos do que todos os já vistos têm chances “muito prováveis” de ocorrer em pouco tempo, mesmo que uma margem de prazo de 100 anos. No último domingo, a publicação americana revelou que a previsão é que o fenômeno irá devastar o noroeste do continente americano, atingindo da Califórnia ao Canadá, e deixando centenas de milhares feridos.

O menor terremoto que pode ocorrer seria como o que provocou um tsunami e devastou a costa do Japão em 2011, segundo a autora do estudo, Kathryn Schulz. A previsão é, no mínimo, aterrorizante.

Segundo os estudiosos, há uma chance de 1 em 3 de o terremoto menos assustador ocorrer e 1 em 10 do “realmente assustador” acontecer nos próximos 50 anos.

A sismologista explicou que normalmente as pessoas não sentem os terremotos, o movimento das placas tectônicas, mas que isso irá acontecer de repente, como se as placas fossem jogadas umas contra as outras, ao invés de deslizarem uma sob a outra.

Segundo ela, a magnitude do terremoto pode variar entre 8.0 e 8.6 se atingir apenas uma parte da zona, conhecida como Cascadia. No caso dessa zona ceder, evento que semiologistas chamam de ruptura integral de margem, a magnitude poderá variar entre 8.7 e 9.2. “Isso é algo muito grande”, declarou a especialista.

Como não há terremotos nesta região, ninguém está preparado para a possibilidade do que está por vir. Sem as precauções necessárias a projeção é que 13 mil pessoas irão morrer, 27 mil ficarão feridas e milhares desabrigadas. Segundo a publicação, se o terremoto ocorrer durante o verão, quando o local recebe muitos turistas, os números irão aumentar tragicamente.

Segundo a previsão, a região está fadada ao fracasso. “Com a falta de serviços básicos, os negócios vão desaparecer, assim como os moradores. A número da população vai sofrer uma reviravolta”.

Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2015-07-14/terremoto-vai-devastar-costa-noroeste-de-continente-em-breve-diz-semiologista.html

Compartilhar isso:

About Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

O Colapso da nossa civilização já começou …

Catorze Sinais de que o COLAPSO do nosso “Mundo Moderno” já começou. Muitas pessoas acreditavam …

O falso Messias e o falso Arrebatamento Secreto.

Relacionado

Deixe uma resposta