Iníco / Noticias Adventistas / Valorização de “design inteligente” faz parte da defesa adventista de Charles Darwin

Valorização de “design inteligente” faz parte da defesa adventista de Charles Darwin

Este senhor que aparece na tela do player do vídeo acima é o cientista americano adventista James Gibson, PHD em Biologia e diretor do Instituto Adventista de Pesquisas em Geociência. Você vai ficar impressionado com a defesa que ele faz de Charles Darwin! Além dele, verá também Flávio Augusto Darius, doutor em Teologia e professor do UNASP, com a mesma linha de argumentação em favor de Darwin. Como já denunciamos aqui, para eles Darwin pode até ter errado ao formular a Teoria da Evolução, mas foi alguém muito bem intencionado e cristão. Morreu com a certeza da perdição eterna, conforme você verá ao final do vídeo. Contudo, é inocentado por esses líderes adventistas, que não se incomodam em colocar a Ciência acima do que diz a Bíblia.

Quem abre o vídeo é Rodrigo Silva, arqueólogo, filósofo e Doutor em Teologia, ligado profissionalmente à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Inicialmente, ele explica que existem pelo menos quatro correntes de pensamento em relação ao tema da origem da vida e que o argumento do “design inteligente” não equivale à defesa do criacionismo bíblico:

“Para o Evolucionismo, o ser humano seria apenas o resultado de um processo contínuo de evolução a partir de seres primatas, ou seja de criaturas animais inferiores. Assim, o ser humano seria apenas mais um animal, porém racional.”

“Já no criacionismo, existe uma ênfase muito grande no hiato, no distanciamento, entre o homem e os animais. E o ser humano existe não por sucessivas mudanças no processo evolutivo, mas por ser um ser criado, de maneira completamente singular, em relação aos
outros mamíferos.”

“Por outro lado, o design inteligente aparenta ser um pouquinho criacionista porque ele
questiona o evolucionismo. Mas, atenção, ele apenas a-pa-ren-ta! O design inteligente questiona muito o evolucionismo e acredita que todos nós tenhamos sido criados por um designer, um projetista… Criados por uma pessoa inteligente, que formou todo o universo.”

“A principal tese do design inteligente é que a Criação, a Natureza, possui elementos que demandam ser produção de uma mente inteligente. Mas o design se encerra por aí…”

“Aliás, a bem da verdade, existe até uma vertente evolucionista que também acredita num criador. É o evolucionismo teísta, em que dizem que o Criador usou a Evolução para trazer tudo à existência.”

“Portanto, existem pelo menos quatro correntes que tentam explicar a origem da vida na Terra: (1) Evolucionismo teísta, que diz que Deus criou tudo a partir da Evolução. (2)
Remos o criacionismo teísta de acordo com a Bíblia, que nega a Evolução eacredita que o homem foi criado por um ato especial de Deus, conforme descrito na Sagrada Escritura. (3) Temos também o design inteligente, que apenas afirma que existe um ser que formou tudo, inteligente, mas não me fala mais nada,. Não dá nenhuma informação a respeito desse ser. E (4) por último, o Evolucionismo ateísta, que acredita que a Evolução é apenas obra do acaso sem nenhuma agência divina por detrás dos fatos e da própria Criação,” conclui Rodrigo Silva.

Olavo de Carvalho

Para o Professor de Filosofia da História e autor de vários livros, Olavo de Carvalho, a suposição do Design Inteligente é tese formulada prlo próprio Charles Darwin!

“Quando escrevi que o próprio Charles Darwin foi o inventor da teoria do design inteligente, hoje tão abominado pelos evolucionistas, coisa que não pode ser ignorada por ninguém que tenha lido algo mais que as orelhas do livro ‘A Origem das Espécies’ imediatamente rotulado como um fanático religioso, indigno de ocupar um espaço na
mídia…”

“Quer dizer, eu dou para os caras uma informação que está na ‘Origem das Espécies’, você leu a coisa, está muito claro nos parágrafos finais, não tem como escapar… O inventor do desafio do design inteligente foi o próprio Charles Darwin! Foi só dizer isso e o pessoal ficou tão indignado, que começaram a me dizer: ‘Você é um fanático religioso!’”

“Isso é uma confusão mental, baseada numa ignorância indescritível… Quem inventou a teoria do design inteligente foi Charles Darwin em pessoa!

“O pessoal que discute se o Darwinismo se opõe à tese do design inteligente é porque não leu a ‘Origem das Espécies’. Se ler, se — note bem! — se ler, irá ver. Eu não tinha 17 anos quando li a ‘Origem das Espécies’ pela primeira vez. Era darwiniano fanático. Fazia coleção de desenhos de dinossauros, lendo tudo que tinha de paleontologia, então nessa época eu adorava essas coisas…”

“E eu vi que, já quase no parágrafo final da ‘Origem das Espécies’, Charles Darwin descreve a evolução animal como sendo o resultado, a materialização, de um plano divino, de um plano traçado pela Inteligência divina… Então, se Charles Darwin pôde dizer isso, por que é que os outros não poderiam agora?”

“Mas daí os caras dizem que Charles Darwin só fez isso por uma concessão à mentaliade da época. Ele estava disfarçando o seu verdadeiro pensamento… Mas são esses mesmos caras aí que dizem e eles tentam provar que Darwin era um sujeito muito cristão. Entao, tdo isso aíé empulhação.”

Na sequência, apresentamos os argumentos adventistas em favor de Charles Darwin, justificando-o como se houvesse sido uma espécie de vítima da época em que viveu, além das últimas cenas de um documentário que conta a biografia de Charles Darwin. Assista o vídeo e comente.

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Volkswagen anuncia: Se vc acha que a é TERRA PLANA, desache

Relacionado

ENOQUE 1ª | As verdades do nosso planeta terra

Relacionado

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.