Iníco / Artigos / ELLEN WHITE DECLAROU QUE "É PECADO SER DOENTE"

ELLEN WHITE DECLAROU QUE "É PECADO SER DOENTE"

Segundo Ellen White além de ser pecado tomar chá e café, ela também declarou que é pecado ser doente.
“É pecado ser doente, pois TODA a doença é resultado de transgressão. Muitos sofrem em consequência da transgressão de seus pais. Estes não podem ser censurados pelo pecado de seus pais; não obstante, é seu dever, indagar em que seus pais violaram as leis do seu ser, que trouxeram sobre seus descendentes tão desditosa herança; e naquilo em que os hábitos de seus pais foram errados, devem eles mudar de procedimento, e guiar-se por hábitos corretos, em melhor relação para com a saúde.” – Conselhos Sobre Saúde, página 37, escrita em 1866.
Veja que, embora o pecado tenha trazido doença e morte a nós seres humanos, a Bíblia Sagrada não confirma esta declaração de Ellen White ao escrever que “TODA a doença é resultado de transgressão”. (destaque acrescentado) Leiamos:
“Então saiu Satanás da presença do SENHOR, e feriu a Jó de úlceras malignas, desde a planta do pé até ao alto da cabeça. Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.” – Jó 2:7, 10.
“E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença. E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Jesus respondeu:Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.” João 9:1-3.
Se for pecado estar doente porque TODA a doença resulta de transgressão, entãoEllen White pecou muito, pois durante a sua vida ela esteve muitas vezes doente. Certa vez Ellen White esteve muito doente por três semanas. Seus pais e o marido uniram-se em oração por ela, mas a angústia que ela sentia era tão grande que rogava para que eles não mais orassem por ela.
“Quando voltamos, caí muito doente, e sofri extremamente. Meus pais, marido e irmãs uniram-se em oração por mim, mas continuei a sofrer por três semanas. Freqüentemente desfalecia como morta, mas em resposta à oração me reanimava. Minha angústia era tão grande que eu rogava àqueles que me rodeavam que não orassem por mim, pois pensava que suas orações me estivessem prolongando os sofrimentos. Nossos vizinhos, já sem esperanças, abandonaram-me. Durante algum tempo, aprouve ao Senhor nos provar a fé.” – Vida e Ensinos, Página 89
Em 1911 Ellen White escreveu sobre uma luta interna que passou quando deixou o uso do vinagre, ela disse que esteve muito doente por varias semanas aponto de todos pensarem que era impossível viver.
“Houve um tempo em que me achei em alguns respeitos em situação semelhante à vossa. Condescendera com o desejo de usar vinagre. Resolvi, porém, com o auxilio de Deus vencer isto. Combati a tentação, resolvida a não ser dominada por esse hábito.
Estive muito doente por várias semanas; mas dizia repetidamente: O Senhor sabe tudo a esse respeito. Se eu morrer, morrerei; mas não cederei a esse desejo. A luta continuou, e fui duramente afligida por muitas semanas. Todos pensavam que me era impossível viver. Podeis estar certos de que buscamos mui fervorosamente ao Senhor. Foram feitas as mais fervorosas orações por meu restabelecimento. Continuei a resistir ao desejo de usar vinagre, e venci afinal. Agora não tenho inclinação para provar qualquer coisa dessa espécie. Esta experiência me tem sido, por muitas maneiras, de grande valor. Obtive inteira vitória.” – Conselhos Sobre o Regime Alimentar, página485, escrito em 1911.
Como poderia Ellen White ter ficado doente e quase morrer, só porque interrompeu o uso do vinagre, se o vinagre em si é acido acético e o mesmo não é viciante.
O ácido acético não causa dependência, porém o álcool vicia causando delírio e alucinações.
O tipo de luta que Ellen G. White descreveu que ocorreu com ela, só acontece com pessoas viciada em álcool. Pois o álcool é altamente viciante. E mais, essa luta que ela teve para deixar o uso do vinagre, é uma prova clara que a mesma era viciada em vinagre com elevado porcentagem de álcool como também essa luta indica que este vicio de vinagre com elevado porcentagem de álcool vinha de muitos anos.
O sintoma que Ellen White descreveu que sentiu ao deixar de usar vinagre são sintomas da síndrome da abstinência alcoólica. Somente um alcoólatra crônico sofre quando para de bebe.
Na época de Ellen White o vinagre usado era caseiro. No entanto, nem todo o álcool é convertido em ácido acético.
Certa quantidade permanece, e essa quantidade varia de acordo com vários fatores, incluindo o tempo a mistura que foi deixada a fermentar.
Vinagre comprado na prateleira de um supermercado de hoje contém aproximadamente 0,5% de álcool, que é bastante pequeno.
É impossível determinar exatamente quanto álcool estava presente no vinagre utilizado pela Sra. White porque ela provavelmente utilizava o vinagre caseiro. Uma vez que não sabemos todas as condições que foram usadas na produção do vinagre, é difícil dizer exatamente quanto álcool estava nele. Temos de procurar outras pistas quanto ao seu teor alcoólico.
Hoje o vinagre que compramos na loja tem um teor alcoólico mais baixo do que o vinagre caseiro de meados da década de 1800.
É evidente que o vinagre que Sra. White usava era muito mais forte e mais potente do que o vinagre vendido nos supermercados de hoje.
(Adaptado por Aristoteles Pereira de Oliveira do estudo “Swill Segredo de Ellen White” de Elaine Bowerman e Dirk Anderson). http://aodeusunico.com.br/?p=1092

Compartilhar isso:

Sobre Paulo Pinto

Além disso, veja também:

Por que os judeus foram expulsos de vários países?

Relacionado

O Senhor dos Milagres – Um dos melhores filmes infantis que já assisti. Através da animação, que mistura técnicas de movimento em bonecos de argila a recursos de computação gráfica.

Click na imagem para baixar Relacionado

12 comentários

  1. Rogerio Luiz Nascimento

    Significado de Dominical

    adj. Relativo a quem tem o domínio, ao senhor.
    Oração dominante, não se refere ao Domingo.

    Mranata!

  2. Rogerio Luiz Nascimento

    desculpe comentei outro assunto

  3. Rogerio Luiz Nascimento

    Sobre o comentário ELLEN WHITE DECLAROU QUE “É PECADO SER DOENTE” Aceito com bom efeito no meu cerebro, toda doença que existe tem sua origem no pecado. Ou isso não é assim?
    Nossas doenças são resultado da transgreção da Lei, e atransgreção da Lei é pecado. Irmãos vamos olhar os comentários com os olhos da fé e crer que toda boa dádiva vem do Senhor, e toda má dádiva vem do malígno.O fato de Ellen G. White ficar doente não diminui o valor dos escritos pois os escritos são boas dádivas, que vem do Senhor, e não da Ellen G. White.
    Deus Usa pecadores, e eu e você somos pecadores, que ele ama, e quer nos curar desse tão terrivel mal.
    Diz Paulo: “se não tiver amor …”

    Maranata!

    • Estimado irmão,
      Graça e paz.
      Sabemos que doença e morte são consequências do pecado.
      Mas, TODA doença e morte é porque se pecou?
      Cristo pecou para morrer sobre a cruz?
      Nós pecamos e Ele morreu por nós, em nosso lugar.
      Jó ficou doente porque pecou?
      O paralítico assim ficou porque pecou antes de nascer?
      O amado irmão conhece o artigo inteiro, em todos os seus detalhes, início ao final conforme lemos em http://aodeusunico.com.br/?p=337 escrito pelo Pastor Felipe Hotman, que, se não me engano é do Sul do país?
      Não acha que a Palavra de Deus nos é suficiente?
      Não percebeu ainda que EGW é um mito inventado pela iasd, que nos afigura como uma seita perigosíssima, na medida em que engana milhares de pessoas, mente desavergonhadamente para tomar dinheiro das pessoas,ao ponto de ser a segunda igreja mais rica do mundo, só perdendo para o Vaticano, a quem se associou desde o ano 2000 na Polônia, mediante pacto de amizade já confirmado pelo papa Bento XVI? E observe que a ICAR tem quase dois milênios de idade, enquanto que a iasd tem pouco mais de 1,5 século. Agora, as duas juntas vão faturar bastante, até Deus dizer: BASTA!!!!!! http://aodeusunico.com.br/?p=689
      http://aodeusunico.com.br/?p=841
      Maranata!
      Paulo Costa Pinto

  4. dominical
    (latim dominicalis, -e)
    adj. 2 g.
    1. Do Senhor, de Deus.
    2. Relativo ao domingo.
    3. Relativo a quem tem o domínio. = DOMINIAL

    Pessoalmente sua argumentação nao justifica ao má tradução, no ingles esta: the lord’s prayer, facilmente traduzido por: Oração do Senhor. Confira no tradutor do google:
    http://translate.google.com.br/#en/pt/the%20lord%27s%20prayer

    No diconario de definição em ingles diz: DOMINICAL = pertinente ao Dia do Senhor, ou domingo. (sunday)
    http://www.wordnik.com/words/dominical

  5. E o que dizer do conselho de Ellen White de antes de orar por um enfermo, verificar na igreja se ele está com o dízimo em dia?

    Será que Cristo orientou os discípulos a fazerem esse levantamento antes de curar algum doente?
    E você, leitor, o que responderia? Os discípulos investigavam essa parte da vida financeira da pessoa enferma ou não?

    O que me deixa estarrecido é que por mais absurdo que seja, sempre haverá alguém que aceitará com “bom efeito” o que Ellen White escreveu. Mas cada cabeça uma sentença.

    • PREZADO IRMÃO MARCELO,
      GRAÇA E PAZ VOS SEJAM MULTIPLICADAS.
      CONSIDERO O CONSELHO DESCONEXO COM O QUE A PALAVRA DE DEUS ESTABELECE.
      FICARIA MUITO GRATO SE O IRMÃO NOS FIZESSE A FINEZA DE PUBLICAR NESTE ESPAÇO O TEXTO ORIGINAL COM A DEVIDA FONTE, A FIM DE QUE NENHUM LEITOR FIQUE COM DÚVIDA.
      MARANATA.
      IRMÃO PAULO COSTA PINTO

  6. “Nós primeiro devemos procurar saber se o doente não está retendo dízimos, ou se causou algum problema na igreja.” Ellen White – Healthful Living (1897, 1898), page 237, paragraph 4.

    “We should first find out if the sick one has been withholding tithes or has made trouble in the church”

    Este texto está em um capítulo que fala sobre a oração para os doentes. Cada parágrafo é um conselho sobre o assunto, e, no link abaixo, consta como “testemunho não publicado” de Ellen White.

  7. O link que falei acima é:

    http://text.egwwritings.org/publication.php?pubtype=Book&bookCode=HL&lang=en&collection=2&section=all&pagenumber=237

    Para encontrá-lo siga os seguintes passos:
    1. Acesse o site http://www.whiteestate.org/.
    2. No menu do lado esquerdo, clique em “Search Writings of Ellen G. White”
    3. Role a página até aparecer o rodapé e clique em “http://text.egwwritings.org”
    4. Escolha o idioma inglês (1º da lista) e pesquise pelo nome do livro – Healthful Living.
    5. Procure pelo Capítulo 35 – Oração Para o Doente (Prayer for the sick) e clique nele.
    6. Vá para a página 237 usando os botões de navegação no final da página.

    O texto está no parágrafo de número 1021.

    • ESTIMADO IRMÃO MARCELO ALMEIDA,
      GRAÇA E PAZ VOS SEJAM MULTIPLICADAS.
      MUITO OBRIGADO POR TER RESPONDIDO AO NOSSO PEDIDO, PUBLICANDO NESTE ESPAÇO AS INFORMAÇÕES SOLICITADAS COM RIQUEZA DE DETALHES, DE MODO QUE CADA LEITOR POSSA, DE FATO, TIRAR TODAS AS SUAS DÚVIDAS SOBRE O ASSUNTO. EM PAUTA.
      O MITO EGW CADA DIA CAI POR TERRA.
      A CORPORAÇÃO IASD A CADA DIA É DESMASCARADA EM PÚBLICO E A SUA NUDEZ – TRISTE NUDEZ – É EXPOSTA.
      A BÍBLIA SAGRADA, EM APOCALIPSE 22:18, LEMOS: “Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro”;
      NO CASO EM PAUTA, ALÉM DE SER ABSURDO O CONSELHO DE EGW ACERCA DE UM ENFERMO, NÃO O ENCONTRAMOS NA PALAVRA DE DEUS.
      FORTE ABRAÇO.
      MARANATA.
      PAULO COSTA PINTO.

  8. concordo com oq ellen escreveu… se voce ler toda a pagina ela deixa claro que se voce fica doente e por que nao obedeceu as regras do corpo, nao se alimentando ou descansando adequadamente…
    releia a pagina inteira.

Deixe uma resposta