Iníco / Artigos / A CONFERÊNCIA GERAL DA IASD ESTÁ PREGANDO A OBSERVÂNCIA DO DOMINGO. E O QUE, VOCÊ ADVENTISTA, VAI FAZER?

A CONFERÊNCIA GERAL DA IASD ESTÁ PREGANDO A OBSERVÂNCIA DO DOMINGO. E O QUE, VOCÊ ADVENTISTA, VAI FAZER?

“Homens em posições de responsabilidade não só desatenderão e desprezarão o sábado eles mesmos, mas da tribuna sagrada instarão com o povo para que guardem o primeiro dia da semana…” EGW.
http://tempodofim3.tripod.com/Confessions.htm

Santificação do Domingo Começa a Fortalecer-se na IASD:
http://www.adventistas.com/maio2003/santos_domingos.htm

DECRETO DOMINICAL:
http://www.slideshare.net/paulomoraes/decreto-dominical

A IASD CONTINUA PREGANDO A SANTIDADE DO SÁBADO, MAS, MENSAGENS SUBLIMINARES ESTÃO SENDO PASSADAS PARA OS FIÉIS, AVANÇANDO NO PROCESSO DE LAVAGEM CEREBRAL DE QUE O DOMINGO NÃO É MAIS O DIA DO DRAGÃO, MAS DIA ESPECIAL, “DOMINGOS ESPECIAIS, DIAS INESQUECÍVEIS” E “MEGA DOMINGOS”.

CONFIRA NO GOOGLE:
http://isearch.babylon.com/?q=%22DOMINGOS+ESPECIAIS%2C+DIAS+INESQUEC%C3%8DVEIS%22&s=web&as=0&babsrc=SP_iclro

http://isearch.babylon.com/?q=%22MEGA+DOMINGOS%22&s=web&as=0&babsrc=SP_iclro

“O inimigo das almas tem procurado introduzir a suposição de que uma grande reforma devia efetuar-se entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que se erguem como pilares de nossa fé, e empenhar-se num processo de reorganização. Se tal reforma se efetuasse, qual seria o resultado? Seriam rejeitados os princípios da verdade, que Deus em Sua sabedoria concedeu à igreja remanescente. Nossa religião seria alterada. Os princípios fundamentais que têm sustido a obra neste últimos cinqüenta anos, seriam tidos na conta de erros. Estabelecer-se-ia uma nova organização. Escrever-se-iam livros de ordem diferente. Introduzir-se-ia um sistema de filosofia intelectual. Os fundadores deste sistema iriam às cidades, realizando uma obra maravilhosa. O sábado seria, naturalmente, menosprezado, como também o Deus que o criou. Coisa alguma se permitiria opor-se ao novo movimento. Ensinariam os líderes ser a virtude melhor do que o vício, mas, removido Deus, colocariam sua confiança no poder humano, o qual, sem Deus, nada vale. Seus alicerces se fundariam na areia, e os vendavais e tempestades derribariam a estrutura.
Quem tem autoridade para iniciar semelhante movimento?” Mensagens Escolhidas, Vol. 1, págs. 204, 205.

O testemunho acima revela que era a intenção de Satanás introduzir na mente dos adventistas que uma reforma devia ser efetuada entre os adventistas do sétimo dia, para renunciar as doutrinas já estabelecidas. Coloca também uma série de outros fatos que ocorreriam caso Satanés conseguisse seu intento. Pois bem, vamos analisar resumidamente alguns pontos deste testemunho e ver se ele se cumpriu:

1 – O inimigo das almas tem procurado introduzir a suposição de que uma grande reforma devia efetuar-se entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que se erguem como pilares de nossa fé…

Não é muito difícil de verificar se Satanás obteve sucesso em conseguir o que queria. Os pioneiros adventistas publicavam na Review and Herald, por 50 anos, que a “trindade” fazia parte do vinho de Babilônia, e o testemunho dado a Ellen G. White confirmou que o corpo de doutrinas da Igreja Adventista já estava estabelecido e não deveria ser mudado. Hoje vemos a Igreja Adventista publicando na Revista Adventista artigos defendendo a doutrina da “trindade”. Portanto, concluímos que, obviamente, a doutrina da Igreja Adventista (IASD) foi mudada. Satanás conseguiu colocar na mente de alguns pastores adventistas de que as doutrinas deveriam ser mudadas. Um dos pastores que podemos citar sem medo de errar é o Pr. Leroy E. Froom, conhecido no meio adventista como o pai da “trindade”. Ele foi o pastor que mais trabalhou para efetuar a mudança na doutrina da Igreja Adventista.

2 – Se tal reforma se efetuasse, qual seria o resultado? Seriam rejeitados os princípios da verdade…Nossa religião seria alterada. Os princípios fundamentais que têm sustido a obra neste últimos cinqüenta anos, seriam tidos na conta de erros.

Também não é difícil verificar que esta parte do testemunho se cumpriu. Hoje, tanto nos artigos que lemos na Revista Adventista, quanto nas pregações sobre este tema que têm sido feitas na Igreja Adventista, ouvimos dizer que os pioneiros estavam errados sobre este assunto, porque eram arianos e não criam na Divindade de Cristo.

3 – Escrever-se-iam livros de ordem diferente.
Introduzir-se-ia um sistema de filosofia intelectual. Os fundadores deste sistema iriam às cidades, realizando uma obra maravilhosa.

Facilmente podemos verificar que esta parte do testemunho também se cumpriu. Para defender a doutrina da “trindade”, foram escritos livros como “A Vinda do Consolador”, de Leroy E. Froom, e, mais recentemente, “A Trindade”, escrito por três doutores da universidade adventista – Andrews University. Estes livros são de “uma ordem diferente” se comparados aos artigos escritos pelos pioneiros e publicados durante 50 anos na Review and Herald, que afirmavam que a doutrina da “trindade” fazia parte do vinho de Babilônia e não tinha base bíblica.

4 – Coisa alguma se permitiria opor-se ao novo movimento.

Esta parte do testemunho também está se cumprindo hoje. Aqueles que se opõem a mudança doutrinária que foi feita (inclusão da “trindade” no corpo de crenças das doutrinas adventistas), e se levantam convidando o povo a voltar à crença dos pioneiros são disciplinados e excluídos das igrejas, muitas vezes sem ter sequer a chance de falar em sua defesa. Eu mesmo fui excluído da igreja por pregar sobre a necessidade que temos de abandonar esta doutrina falsa que foi introduzida na igreja e “perguntar pelas veredas antigas”, convidando os adventistas para que voltem a crer como os pioneiros.

Como podemos observar, o testemunho que apresentamos acima foi cumprido à risca até o momento. Que poderemos aguardar para o futuro senão o restante do cumprimento do mesmo?

Não estou convidando você a sair da IASD. Pelo contrário – em nome de Jesus, que uma dia levantou os adventistas como povo para pregar as três mensagens angélicas, rogo a você que convide os irmãos da igreja a voltarem à crença dos nossos pioneiros adventistas, ao fundamento da verdade que Deus deu e que permaneceu por 50 anos inalterado. Não é necessário que a estrutura da Igreja Adventista seja derribada e a igreja venha a ser destruída. Este não foi o plano original de Deus para ela. Deus afirma claramente em Sua Palavra:

“Mas, se o perverso se converter de todos os pecados que cometeu, e guardar todos os Meus estatutos, e fizer o que é reto e justo, certamente, viverá, não será morto. De todas as transgressões que cometeu não haverá lembrança contra ele; pela justiça que praticou, viverá.

Acaso tenho Eu prazer na morte do perverso?” Ezequiel 18:21-23.

Reconheça no apelo acima a voz de Deus à sua alma e à Igreja Adventista. Volte à crença nos alicerces como foram dados à Igreja Adventista, e convide os irmãos da igreja a fazer o mesmo, independentemente do que possam fazer a você. Abandone a crença nesta doutrina falsa da “trindade”, que como os pioneiros adventistas escreveram com tanta clareza, faz parte do vinho de Babilônia. Lembre-se que Deus ratificou o que estes pioneiros escreveram e publicaram durante cinqüenta anos pelo testemunho dado a Ellen G. White. Não deseja você estar sobre o agrado de Deus, aceitando as doutrinas, os alicerces da fé, tais como foram dados aos pioneiros e aprovados por Deus”?
Que Deus te abençoe,
Jairo Carvalho
FONTE: http://mensagemfinal0.tripod.com/ElleneosPioneiros.htm

Compartilhar isso:

Sobre Paulo Pinto

Além disso, veja também:

O Senhor dos Milagres – Um dos melhores filmes infantis que já assisti. Através da animação, que mistura técnicas de movimento em bonecos de argila a recursos de computação gráfica.

Click na imagem para baixar Relacionado

UM MAGNÍFICO FALSO PROFETA

Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que …

3 comentários

  1. A Primeira referência do texto é extra biblica! Então o resto não tem valor!

    Tudo sem sentido bíblico.

    • ENTENDO O POSICIONAMENTO DO IRMÃO.
      VOCÊ COMO EU E MILHARES FOMOS UM DIA ENGANADOS PELA CORPORAÇÃO RELIGIOSA QUE SE AFASTOU DE DEUS PELO BRILHO DO PODER E DA FAMA, APROXIMANDO-SE DE ROMA PARA RECEBER SUAS BENESSES, AINDA QUE ISSO REPRESENTE A PERDA DO CÉU.
      SABEMOS DA FALTA DE CREDIBILIDADE DOS ESCRITOS DE EGW, NO ENTANTO, SUAS PALAVRAS NOS TEXTOS CITADOS NA MATÉRIA SÃO PRECISAS EM INDICAR A SITUAÇÃO EM QUE CAIU SUA ORGANIZAÇÃO.
      OS ASD CREEM CEGAMENTE EM EGW E, PORTANTO, DEVERIAM SERIAMENTE CONSIDERAR SUAS PALAVRAS NESTE CASO E O CUMPRIMENTO FIEL NA SITUAÇÃO ATUAL DA IASD.
      O IRMÃO COMO ADVOGADO ALÉM DA BÍBLIA, QUE CONTÊM A PALAVRA DE DEUS, EXATA E FIEL, TAMBÉM UTILIZA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL, ESTADUAL, CÓDIGOS PENAIS, JURISPRUDÊNCIAS,…. E NÃO SOMENTE A PALAVRA DE DEUS, CONCORDA?
      ENTÃO? EMBORA BOA PARTE DO QUE EGW ESCREVEU SEJA PLÁGIO,….CREMOS QUE TUDO QUANTO ESCREVEU – INDEPENDENTE DA FORMA OU ORIGEM – E É CONSONANTE COM A PALAVRA DE DEUS, MERECE CRÉDITO.
      É O QUE PENSO, SMJ.
      PAULO A. DA C. PINTO
      http://www.pacostapinto.com.br
      MARANATA

  2. Olá meus irmãos em Cristo
    Eu tenho uma informação muito importante para nós adventistas.
    Eu fiz um homepage com um tema muito importante.
    Eu tenho a esperança, que vocês conheçam o valor da mensagem.
    http://www.luzdosabado.jimdo.com
    nosso Deus YAHWEH Abençõe a todos vocês
    Markus

Deixe uma resposta