Iníco / Dízimos e Ofertas / A Fé e os dízimos modernos

A Fé e os dízimos modernos

Ontem um desses pregadores da mídia afirmou que dízimo é uma questão de fé, e que isso não se argumenta! Ora, pelo menos dois grandes problemas ele encontra ao sustentar um absurdo desses:

1º – Ele está colocando todos os não dizimistas numa condição que nem o próprio Cristo colocou, condenando-os como incrédulos (sem fé). Lembrando que no exemplo entre um dizimista arrogante e um não dizimista o nosso Senhor justificou o último, e não o primeiro, no exemplo com um fariseu e um publicano!

2º – Ele quebrou duas definições bíblicas apenas nessa afirmação sem fundamento:

dízimo é da Lei e para sustento dos Levitas e dos necessitados (órfãos e viúvas), não é questão de fé, era uma obrigação imposta aos judeus;

o significado de fé está definido em Hebreus 11 versículo 1, e não tem nada a ver com o que é palpável, visível e mensurável, como por exemplo o dinheiro do dízimo moderno. Fé tem a ver com a esperança da Vida Eterna, tem a ver com a certeza de que existe um Deus invisível presente em minha vida, isso é fé; Fé é a convicção de que mesmo sendo indigno de salvação eu a recebo pela graça do Senhor Jesus!

Claro que existem outros grandes problemas para quem sustenta essa tese, como a negação do Senhorio de Cristo, já que Ele é da tribo de Judá e não de Levi, tribo da qual Moisés nunca falou em sacerdócio (Hebreus 7, leiam)

Graça e Paz aos que são da paz!

Fonte: http://ideiaerevelacao.blogspot.com.br/2015/02/a-fe-e-os-dizimos-modernos.html

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Quadrado Mágico do 666: Qual a relação entre a China atual e a antiga Babilônia?

Antes de tudo, como explica o Pastor Samuel Ramos, convém observar que os habitantes de …

Suicídio espiritual: Feminismo, ecumenismo e a agenda LGBT +, quando adventistas do sétimo dia participam de sua própria morte

22 de junho de 2020 por Andy Roman O Observatório Inter-religioso sobre Violência contra a …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.