Iníco / Artigos / ADVENTISMO DO SÉTIMO DIA. QUEM DESERTA E QUEM PERMANECE?

ADVENTISMO DO SÉTIMO DIA. QUEM DESERTA E QUEM PERMANECE?

“Ao recapitular nossa história passada… nada temos a recear quanto ao futuro a menos que esqueçamos a maneira em que o Senhor nos tem guiado e os ensinos que nos ministrou no passado.” G.C.B. 1893, pág. 24.
Eis aí o propósito deste documentário, recapitular nossa história passada reconhecendo a maneira em que o senhor nos guiou, bem como os ensinos que nos ministrou pois, a IASD está vivendo atualmente uma terrível crise doutrinária, não devia ser segredo a nenhum adventista idôneo.
Nesse mesmo ano, EGW escreveu em TS vol 2, p. 335 que “A Igreja Remanescente não é Babilônia. Sabendo que toda a Igreja se fundamenta em doutrinas falsas ou verdadeiras. Quais eram as crenças fundamentais da IASD por ocasião dessa declaração? Quando ela escreveu isso a apostasia Alfa já tinha acontecido? Aplicaria ela o mesmo termo às novas e contrárias crenças fundamentais da outra iasd de hoje? Quem está com a verdade? O passado adventismo ou o presente?
A ideia do remanescente, é a de um resto de crentes que permanece fiéis aos seus fundamentos bíblicos, a despeito das consequências, em meio a uma crise religiosa. Assista a esse documentário e descubra se você tem permanecido ou desertado do adventismo histórico. Faça isso e não terá ao que temer quanto ao seu futuro. ALEXANDRE BOTELHO
alb.o@hotmail.com

Compartilhar isso:

Sobre Paulo Pinto

Além disso, veja também:

Por que os judeus foram expulsos de vários países?

Relacionado

O Senhor dos Milagres – Um dos melhores filmes infantis que já assisti. Através da animação, que mistura técnicas de movimento em bonecos de argila a recursos de computação gráfica.

Click na imagem para baixar Relacionado

Um Comentário

  1. Heráclito Fernandes da Mota

    Prezados Irmãos,

    Assisti somente ao primeiro vídeo e quero parabenizar o orador/pesquisador pelo trabalho, pela abordagem sincera, embora, para mim, a mensagem pareça transmitir algo que me preocupa, isto é, a convicção de que os pioneiros possuíam uma verdade inquestionável e que nossa segurança está em concordar com toda a verdade que eles descobriram. Parece transmitir, também, uma fé cega em todos os supostos escritos de EGW!

    Não nos alinhamos ao pensamento de que se deva rejeitar tudo o que EGW escreveu, ou que devemos reformular toda teologia dos Pioneiros ASD ou da IASD atual! Mas somos favoráveis a “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. (1 João 4:1)”, logo cremos que tudo deve ser avaliado pelo crivo das Escrituras Sagradas!

    A guisa de exemplo considere o trecho em que o orador afirma que as palavra do “Espirito de Profecia” assevera que se o povo do advento houvesse cumprido determinados pre requisitos Jesus já teria voltado! Sinceramente não posso harmonizar tal ideia com os oráculos Escriturísticos, pois isso seria descredenciar o Pai de saber o dia e a hora da volta de Seu Filho e deixar tudo na dependência do homem “Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai. (Mateus 24:36)”. “Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos. (Atos 17:31)”.

    Não é minha intenção me contrapor ao trabalho do orador, mas tão somente expor minha dificuldade em aceitar 100% de tudo o que ele disse! Mas, respeito seu ponto de vista!

    Fraternalmente,

    Heráclito Fernandes da Mota

Deixe uma resposta