Chás para melhorar o sono

Introdução

As ervas tem uma relação com os seres humanos de milhares de anos, mulheres foram queimadas por respeitarem o poder das ervas e usarem as plantas para  ajudar as pessoas, que por profunda desconexão com a natureza, achavam que estas curandeiras tinham pacto com o demônio.

As ervas hoje são amplamente estudas pela ciência, estudos cada vez mais aprofundados mostram que sim, elas podem ajudar muito na saúde do ser humano. O mais interessante das ervas não fica somente em suas substâncias químicas presentes em suas estruturas complexas, mas em todo o processo que envolve a produção de um chá. Priorizar ervas frescas, sair para coletar na natureza, saber armazená-las, tudo isso já promove a cura de pessoas completamente afastadas do que seria a forma correta de se relacionar com o planeta.

Você vai entender e sentir o poder das ervas quando passar a consumi-las in natura. Sei que é muito complexo sair pro mato, para coletar ervas para fazer um chá, mas tente pelo menos plantar em vasos na sua casa ou na área comum do seu prédio. Na minha cidade tem algumas pessoas ocupam o espaço público e transformam em canteiros as avenidas viram jardins incrivelmente bonitos. Claro se não for uma planta rasteira, o seu consumo para chá seria totalmente possível. Quero deixar bem claro o consumo de ervas frescas é muito melhor que secas.

Se tudo isso não for possível opte sempre por comprar ervas em pedaços grandes nunca em pó. Para ser ainda mais inteligente com o uso do seu dinheiro, armazene estas ervas na geladeira e se possível em potes fechados de preferência de vidro.

Ritual

O ritual de preparo de um chá, por si só, já é um momento de cura, pois parar o que está fazendo, ferver a água, ficar atento no momento de tirar a erva, colocar a erva, tirar a água, esperar chegar na temperatura certa, já em um momento que você deixa bem claro que você é importante.

Camomila

Rica em Apgenin, um flavanóide poderoso para indução do sono, uma das plantas mais ricas neste “nutriente” já descoberta pela ciência. Um estudo realizado em 60 residentes de asilos constatou que aqueles que receberam 400 mg de extrato de camomila diariamente tiveram uma qualidade de sono significativamente melhor do que aqueles que não receberam nenhum.

Outro estudo envolvendo mulheres pós-parto com baixa qualidade do sono descobriu que aquelas que tomavam chá de camomila por um período de duas semanas relatavam uma qualidade geral melhor do sono do que aquelas que não tomavam chá de camomila.

No entanto, um estudo envolvendo pessoas com insônia crônica descobriu que aqueles que receberam 270 mg de extrato de camomila duas vezes ao dia por 28 dias não apresentaram benefícios significativos.

Lavanda

 A lavanda é uma erva frequentemente elogiada por seu aroma calmante. Nos tempos antigos, gregos e romanos costumavam adicionar lavanda a seus banhos e respiravam a fragrância calmante. O chá de lavanda é feito dos pequenos brotos roxos da planta. Originalmente nativo da região do Mediterrâneo, agora é cultivado em todo o mundo. Muitas pessoas bebem chá de lavanda para relaxar, acalmar os nervos e ajudar no sono. De fato, existem pesquisas para apoiar esses supostos benefícios. Um estudo realizado em 80 mulheres pós-natais de Taiwan mostrou que aquelas que tomaram tempo para cheirar o aroma do chá de lavanda e beber diariamente por 2 semanas relataram menos fadiga, em comparação com aquelas que não tomaram chá de lavanda.

No entanto, isso não afetou a qualidade do sono. Outro estudo em 67 mulheres com insônia encontrou reduções na freqüência cardíaca e variabilidade da freqüência cardíaca, além de melhorias no sono após 20 minutos de inalação de lavanda duas vezes por semana durante 12 semanas. A pesquisa também mostrou que o Silexan, uma preparação proprietária de óleo de lavanda, pode diminuir a ansiedade e melhorar a qualidade do sono em pessoas com ansiedade ou distúrbios relacionados à ansiedade.

Cidreira

A erva-cidreira pertence à família das hortelã e é encontrado em todo o mundo. Embora frequentemente vendidas em forma de extrato para uso em aromaterapia, as folhas de erva-cidreira também são secas para fazer chá. Esta erva aromática e com aroma de cítrico tem sido usada para reduzir o estresse e melhorar o sono desde a Idade Média. As evidências mostram que a erva-cidreira aumenta os níveis de GABA nos ratos, indicando que a erva-cidreira pode atuar como um sedativo (16 Fonte Confiável) Além disso, um pequeno estudo em humanos mostrou uma redução de 42% nos sintomas de insônia após os participantes receberem 600 mg de extrato de erva-cidreira por dia durante 15 dias.

Se você tiver problemas crônicos de sono, beber chá de erva-cidreira antes de dormir pode ajudar.

Maracujá

 O chá de maracujá é feito das folhas secas, flores e caules da planta Passiflora . Tradicionalmente, tem sido usado para aliviar a ansiedade e melhorar o sono. Mais recentemente, estudos examinaram a capacidade do chá de maracujá em melhorar a insônia e a qualidade do sono . Por exemplo, um estudo em 40 adultos saudáveis descobriu que aqueles que bebiam chá de maracujá diariamente por 1 semana relataram uma qualidade de sono significativamente melhor, em comparação com os participantes que não tomaram o chá.

Outro estudo comparou uma combinação de maracujá e raiz de valeriana e lúpulo com o Ambien, um medicamento comumente prescrito para tratar a insônia. Os resultados mostraram que a combinação de maracujá foi tão eficaz quanto Ambien na melhoria da qualidade do sono.

Magnólia

Uma planta que existe há mais de 100 milhões de anos. O chá de magnólia é feito principalmente da casca da planta, mas também consiste em alguns brotos e caules secos. Tradicionalmente, a magnólia era usada na medicina chinesa para aliviar vários sintomas, incluindo desconforto abdominal, congestão nasal e estresse . Agora é considerado mundialmente por seus efeitos anti-ansiedade e sedativos. Seu efeito sedativo é provavelmente atribuído ao composto honokiol, encontrado em abundância nos caules, flores e casca da planta da magnólia. Diz-se que Honokiol funciona modificando os receptores GABA em seu cérebro, o que pode aumentar a sonolência. Em vários estudos em camundongos, a magnólia ou honokiol extraído da planta de magnólia diminuiu o tempo necessário para adormecer e aumentou a duração do sono.

Embora mais pesquisas sejam necessárias para confirmar esses efeitos em humanos, pesquisas preliminares sugerem que beber chá de casca de magnólia pode ajudar a melhorar o sono.

Em estudos com camundongos, foi demonstrado que o chá da casca de magnólia diminui o tempo necessário para adormecer e aumenta a quantidade de sono geral modificando os receptores GABA no cérebro. ​

Mulungu

São vários tipos de Erythrinas, as que achei mais resultados foram a Erythrina velutina e Erythrina mulungu, ambas com respostas super interessantes sobre relaxamento muscular e indução ao sono. Mas como todos os estudos científicos, sempre é estudado as plantas em forma de extratos por dois motivos, oferecem resultados mais rápidos e são passíveis de uma comercialização mais lucrativa. O uso das plantas em forma de chá nunca é defendido pelos centros de pesquisa por justamente não oferecerem retorno aos investidores.

Considerações finais

A ciência não chegou a conclusão se chá realmente é eficaz, porém extratos concentrados parecem oferecer respostas mais imediatas como se espera de um “medicamento”.

Tudo bem, entendemos que se as propriedade estão concentradas, elas terão respostas mais pontuais e rápidas, mas acreditamos que as interações entre outras substâncias presentes na alimentação, como corantes, açúcares, conservantes, podem diminuir a absorção dos flavonóides, por usarem os mesmos receptores, sendo assim uso dos chás após 2h de refeições parecem ter melhor resultados.

A maioria das pesquisas atuais usava essas ervas em forma de extrato ou suplemento – não o chá de ervas em si. Dado que os suplementos e extratos de ervas são versões muito concentradas da erva, é provável que uma fonte diluída como o chá seja menos eficaz.

Mais pesquisas envolvendo amostras maiores são necessárias para entender completamente a capacidade dos chás de ervas de melhorar o sono a longo prazo. Além disso, como muitas ervas e suplementos têm o potencial de interagir com medicamentos prescritos e vendidos sem receita, sempre consulte seu médico antes de adicionar um chá de ervas à sua rotina noturna.

Embora os resultados possam variar de acordo com o indivíduo, vale a pena tentar esses chás de ervas para aqueles que desejam ter uma melhor noite de sono naturalmente.

E fato que se você puder comprar suplementos e extratos secos ou tinturas destas plantas você terá resultados mais rápidos e mais efetivos, mas se puder plantar, sair para coletar, conseguir estar plantas frescas, o processo de obtenção também irá te ajudar na cura do problema.

Importante

Não faça uso de chás em grandes quantidades sem um acompanhamento nutricional. Eles podem desregular sua bomba de sódio potássio, te fazer perder muito líquido e consequentemente gerar problemas. Quase todos os chás são naturalmente diuréticos. Vale a pena comentar uma vez mais que chás atrapalham a absorção de alguns medicamentos e o contrário.

fontes:

https://www.healthline.com/nutrition/teas-that-help-you-sleep

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S037887410400234X

https://www.embrapa.br/florestas/busca-de-publicacoes/-/publicacao/315643/mulungu-erythrina-velutina

https://scholar.google.com/scholar?hl=en&as_sdt=0%2C5&q=Erythrina+mulungu+sleep&btnG=

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Veganismo de Outro Mundo

Estudo publicado no American Journal of Medicine concluiu que hidroxicloroquina reduz taxa de mortalidade para a doença

Depois que 440 mil americanos estão mortos, Facebook e American Journal of Medicine admitem que …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.