Hospital e igreja adventista incentivam crença na mentira do Papai Noel

John Sackett, presidente do Centro Médico Adventista de HealthCare Shady Grove se veste como o Papai Noel e distribui presentes que a comunidade doou às crianças que estão no hospital.

Dança do Papai Noel em Igreja Adventista da Índia em Rajahmundry

Assista agora o que diz sobre o Natal o irmão Dr. em Geofísica, Afonso de Vasconcelos, perseguido por Michelson Borges e seus seguidores por defender a doutrina bíblica da Terra Plana:

De volta à |Raiz

NESTE NATAL, OS CRISTÃOS CELEBRAM ENQUANTO OS JUDEUS LAMENTAM E JEJUAM

POR TULY WESIZ | 25 DE DEZEMBRO DE 2020

Ocasionalmente, o Natal coincide com o Hanukkah e judeus e cristãos se alegram em nossos festivais compartilhando uma data, lembrando-nos de nossa herança e valores compartilhados. Este ano, no entanto, 25 de dezembro é um dia em que os cristãos estão celebrando e os judeus estão de luto. O que podemos aprender quando o Natal coincide com o Dia de Jejum Judaico conhecido como Décimo de Tevet?

Vários motivos para o luto no dia 10 do mês hebraico de Tevet são oferecidos, no entanto, o Talmud (Meguilá 9a) registra uma história fascinante.

No dia 10 de Tevet, o rei Ptolomeu II Filadelfo (285–247 AEC) reuniu 72 estudiosos judeus e os forçou a traduzir a Torá do hebraico para o grego. As palavras sagradas da Torá de repente estavam amplamente disponíveis a todos pela primeira vez. Os intrusos começaram a traduzir deliberadamente de forma incorreta certas passagens para novas teologias falsas. A Septuaginta resultante (“tradução dos 70”) foi lamentada como um desastre nacional para o povo judeu. Para os rabinos do Talmud, o dia 10 de Tevet marca o primeiro ato devastador de coerção bíblica cometido contra o povo judeu.

Na Idade Média, os cristãos atacaram a Bíblia Hebraica e arrastaram os judeus para disputas e debates forçados sobre passagens bíblicas “problemáticas”. Em um exemplo famoso, o principal sábio da Torá de sua geração, Nachmanides (1194-1270), fez um trabalho admirável defendendo sua fé, ao qual o rei Jaime I de Aragão zombou, que nunca antes tinha ouvido “uma causa injusta tão nobremente defendida”. Nachmânides foi libertado relativamente fácil dessa disputa e em vez de ser queimado na fogueira, o santo rabino foi acusado pela igreja de blasfêmia e expulso da Espanha em 1267.

Um exemplo final da era moderna de não judeus usando a Torá contra o povo judeu é conhecido como o Sinédrio Napoleônico de 1807. O grande estadista Napoleão Bonaparte organizou 71 notáveis ​​judeus para responder a 12 questões sensíveis sobre o judaísmo para determinar se os judeus podiam ser leais Cidadãos franceses que merecem direitos iguais. Os judeus foram questionados sobre perguntas incômodas e forçados a transigir em seus princípios a fim de ganhar a aprovação do soberano secular.

O Décimo de Tevet é o dia que lamenta o fato de que a Torá, que foi dada por Deus para o benefício de toda a humanidade, foi distorcida e usada contra o Povo Judeu ao longo da história, um dia muito triste de fato.

POR QUE AS COISAS SÃO DIFERENTES EM NOSSA GERAÇÃO

Uma leitura superficial da História Judaica levaria alguém a concluir que os judeus deveriam ficar longe dos cristãos, e nunca entrar em discussões bíblicas com eles! Alguém poderia ser perdoado por chegar a essa conclusão à luz de nossa história amarga. No entanto, acredito que hoje estamos em uma geração diferente e devemos olhar para essa questão de uma nova perspectiva.

Hoje, ao contrário dos episódios anteriores de nossa história, o povo judeu não é mais um sujeito fraco de governantes estrangeiros, mas soberano em nosso próprio Estado. Enquanto por séculos os cristãos costumavam debater a Bíblia com os judeus para provar que eles estavam certos e nós errados, hoje as coisas são diferentes. Muitos cristãos procuram ler a Bíblia em hebraico e estudar as Escrituras de uma perspectiva judaica. Eles estão vindo em nossa direção em reconciliação e amizade sincera por nosso amor mútuo pela palavra de Deus.

É por isso que publiquei “ A Bíblia de Israel ”, a primeira Bíblia Hebraica com um comentário escrito por judeus ortodoxos para um público em grande parte cristão para apreciar a conexão entre a Terra e o povo de Israel.

QUANDO O NATAL COINCIDE COM O JEJUM DO DIA 10 DE TEVET

O Natal é o dia que mais do que qualquer outro, destaca as diferenças entre judeus e cristãos. Presépios e árvores de Natal sempre foram vistos como uma ameaça ao judaísmo e são recebidos com grande desconforto por muitos judeus.

No entanto, estamos vivendo em tempos únicos em que os cristãos estão ao lado do povo judeu por causa de seu amor pela Bíblia e contra as forças da secularização. Graças ao apoio evangélico a Israel, sob o governo de Trump, a embaixada americana foi transferida para Jerusalém, cidade que a Bíblia afirma inúmeras vezes como a verdadeira capital do Povo Judeu, desde os tempos antigos até hoje.

Como o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse em uma mensagem aos sionistas cristãos nesta semana: “Agradeço a cada um de vocês por suas orações e apoio … Aqui no Oriente Médio, temos feito progressos ativamente e realizado a profecia bíblica de paz no terra.”

O dia de calendário compartilhado de Natal e o Jejum de Tevet tem uma lição final que podemos tirar de uma passagem encorajadora da Bíblia Hebraica.

O profeta Isaías escreveu há muito tempo que um dia no futuro o povo judeu retornará à sua terra natal e à sua capital eterna. Quando esse dia finalmente chegar, “todas as nações o verão com alegria. E muitos povos irão e dirão: ‘Venha, vamos subir ao Monte de Hashem , para a Casa do Deus de Yaakov ; para que Ele possa nos instruir em Seus caminhos, e que possamos andar em Seus caminhos. ” Pois a instrução virá de Tzion , a palavra de Hashem de Yerushalayim ‘( Isaías 2: 2,3, Bíblia de Israel ).

Fonte: Site de Judeus Sionistas

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

#ChegaDeSerGado — Clipping mostra o que a revista Vida & Saúde nunca irá contar sobre a vacina contra a covid-19

“Um Aviso Urgente ao Mundo” | Perspectivas sobre a pandemia – Episódio 16 Estamos incorporando …

A Conspiração de Gênesis 6: Ecos da Atlântida nas Américas e outras regiões

Neste vídeo, nosso amigo Dr. Afonso Vasconcelos, doutor em geofísica, cristão nazareno, alerta que a …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.