Isso as Igrejas não mostra: Idosa incluída em postagem do prefeito de Fortaleza morreu com AVC após 3ª dose

https://i0.wp.com/www.adventistas.com/wp-content/uploads/2021/10/photo_2021-10-03_09-05-04.jpg?resize=485%2C597

[Idosa usada pelo prefeito Sarto Nogueira de Fortaleza para iniciar a campanha de vacinação da terceira dose em idosos teve AVC horas depois de tomar a terceira dose da Pfizer injetada pelo próprio prefeito vindo a falecer pouco depois. A idosa já havia tomado duas doses da coronavac e a terceira foi a Pfizer.]

#PraTodoMundoVer
Na foto, prefeito Sarto aplica a 3ª dose em idosa no Posto de Saúde Rigoberto Romero, na Cidade 2000.

julianabritoestilo
A SENHORA SENTIU UMA DOR NA PERNA NO MESMO DIA QUE TOMOU A VACINA E TRÊS DIAS DEPOIS FALECEU!

gisele.f.andrade
Ela faleceu infelizmente

julianabritoestilo
MAIS UMA VÍTIMA ACHANDO QUE A PICADA SALVA VIDAS 😞🤦‍♀️

miriamfabricio
@julianabritoestilo realmente uma vítima pois faleceu alguns dias depois. Acabei de assistir um vídeo da família dessa senhora 😢

gustavo_rodrigues1995
Se pronuncie sobre o ocorrido prefeito. A senhora veio a falecer depois da vacina.

raphaelfrezende
A imprensa n esta divulgando ai..mas essa sra infelizmente faleceu de AVC pouco tempo apos tomar a vacina ..cuidado com seus idosos

https://i0.wp.com/www.adventistas.com/wp-content/uploads/2021/10/photo_2021-10-03_09-05-03.jpg?resize=335%2C597

Vacina experimental pode ser pior que não vacinar

t.me/medicospelavida ⛑️

A Vacinação no curso de uma pandemia contraria o que se sabe de imunologia e virologia.

A vacina não é tratamento curativo, o que ela tenta fazer é evitar à doença. Portanto, vacinar no curso de uma pandemia resulta em maior número de mutações do vírus, registra-se.

Outro fator que parece não incomodar os representantes da “ciência” de ocasião, é vacinar em massa com uma vacina EXPERIMENTAL, cujos efeitos colaterais a médio e em longo prazo são desconhecidos e imprevisíveis.

Nenhuma vacina ao longo da história foi desenvolvida e aplicada em larga escala no período de quatro meses, registra-se. O bom senso sugere que a valorização do paciente e seu acolhimento é um dos elementos mais importantes no processo da cura.

Com efeito, é fundamental que entre médico e paciente se estabeleça uma relação de confiança mutua, e para isso o médico precisa de autonomia em suas condutas, o que vem sendo ameaçado nos últimos meses, registra-se.

Considerar medicamentos como principal MEIO para o processo da cura é um erro pautado e que tem respaldo nos interesses da indústria farmacêutica. Só não vê quem não quer ou tem compromissos com esse arranjo maquiavélico, registra-se.

Claude Bernard já dizia, com a expertise do gênio que foi lá no século XIX: “A importância do equilíbrio homeostático na prevenção das doenças faz grande diferença na cura”.

No sentido oposto, o também genial Louise Pasteur afirmava: “Os vírus e as bactérias são os principais elementos que desenvolvem as doenças”, desmerecendo o tal equilíbrio homeostático de Claude Bernard. Não seria por muito tempo.

Aceitável, para quem desconhecia a importância e a influência da psique do paciente nesse intrincado processo de cura. O tempo precisou exercer sua sábia influência para que Louise Pasteur reconhecesse e viesse a concordar no seu leito de morte que de fato é o equilíbrio homeostático que exerce a maior influencia na cura.

As leis, ou os princípios básicos da Medicina não mudam. O homem daquele tempo, em sua essência, permanece o mesmo. Já os que pela ciência se predispõem a falar, correm o risco, por ignorância ou por conflito de interesses, de cometerem erros, não raro, por desconhecerem a história da evolução e a essência da medicina.

Médico algum que honre o juramento de Hipócrates pode ser pautado pelos interesses vorazes da indústria farmacêutica. Ao contrário deve se guiar em suas condutas pelas observações clínicas e experiências adquiridas que levem em conta o homem, o corpo e a mente. Estes sim estarão exercendo a boa medicina.

Esse será o tema da nossa live da próxima segunda-feira 4/10, às 20.30.

Dr. Eduardo Leite é membro do Movimento Médicos pela Vida

https://i0.wp.com/www.adventistas.com/wp-content/uploads/2021/10/reportagem-fortaleza.jpg?resize=618%2C696

Fonte de postagem oficial no site da Prefeitura: https://www.fortaleza.ce.gov.br/noticias/prefeitura-de-fortaleza-inicia-vacinacao-da-terceira-dose-contra-a-covid-19-para-idosos-acima-de-70-anos

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

60 anos de paixão adventista pelo Vaticano: Arthur S. Maxwell, quem diria!?

De acordo com a documentação do livro “Half a Century of Apostasy: The New Theology’s …

“Patrulheiro da Saúde” (Health Ranger) realiza análise microscópica ao vivo de coágulos de “bioestrutura projetada” coletados de vítimas falecidas de vacina covid

Por Ethan Huff As únicas pessoas que restaram para falar pelos que morreram devido à …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.