PERSEGUIÇÃO INTERNA: Pastores da IASD usam vacinação como critério para discriminação entre membros da Igreja

Registros feitos na IASD do Brockton, EUA, Pr. Marcos Seifert e na Igreja Adventista de São Caetano do Sul, Brasil.

Está explicado! A vacinação faz parte de um plano bem mis amplo… Revela quem se submete e quem não se submete:

  15 PERGUNTAS PARA SEU PASTOR SABICHÃO RESPONDER:

1. Se o vírus é natural e não foi manipulado, por que tem uma patente?

2. Se há uma pandemia, por que a mortalidade não chega a 2% em todo o mundo?

3. Se o vírus é tão mortal, por que preciso fazer o teste para ver se eu o tenho?

4. Se uma pessoa saudável é a que não tem sintoma algum, o que é uma pessoa assintomática?

5. Se o vírus é tão contagioso e eles usam protocolos de radioatividade para os cadáveres, por que as máscaras vão para o lixo comum?

7. Se não houver vírus isolado ou sequenciado para estudo, o que os teste PCRs medem?

8. Se não há vírus isolado ou sequenciado para estudo, como podem fabricar as “…💉…”?

9. Se o SARS-COV-2 ainda não está disponível, como as “…💉…” contra as variantes Alfa, Beta, Gama, Epsilon, Eta, Iota, Kappa, Mu, Malburg e Ômicron podem ser úteis?

10. Se o Ômicron não existia, antes de Novembro 2021, como a Amazon já disponibilizava a venda de quatro livros sobre este vírus?

11. Se a vachina realmente imunizasse, como poderia um não vacinado” afetar a saúde de um “vacinado”?

12. Se os “não vacinados” estão proibidos de voar pelas empresas aéreas, quem está levando e espalhando as variantes pelo mundo?

13. Se os “vacinados” continuam a ser transmissores do vírus, para que serve o passaporte sanitário?

14. Por que as mortes ou sequelas relacionada a vachina não são notificadas e nem informadas?

15. Por qual motivo todas as plataformas bloqueiam qualquer informação científica ou pronunciamento de cientistas com estudos de reações adversas das vachinas?

Deus acaba revertendo isso para o bem: permanecendo em casa ou nas cadeiras marginais, os não vacinados ficam protegidos da proteína spike e grafeno dos vacinados — passa pelo suor, e até pelas gotículas da respiração dos contaminados, através do shedding, ver https://t.me/danielsilveiraoficial/2763 Acaba revertendo para o bem dos que decidiram não se contaminar. Deixai-os, são guias cegos guiando outros cegos.

Dados científicos mostram que os totalmente vacinados se tornaram “super disseminadores” de covid

https://i0.wp.com/www.adventistas.com/wp-content/uploads/2022/01/Endless-Cycle-Covid-19-1.jpg?w=618

O governo afirma que os não vacinados são responsáveis ​​por continuar a espalhar o coronavírus Wuhan (Covid-19) porque se recusam a levar um tiro, mas os dados mais recentes mostram que o oposto  é verdadeiro.

Em Ontário, Canadá, pelo menos, os leitos hospitalares estão se enchendo de pessoas que tomaram as vacinas, acreditando que elas dariam proteção contra infecções. A realidade é que os tiros estão espalhando mais infecção, assim como as novas “variantes” da covid.

Dados publicamente disponíveis do governo de Ontário sugerem que a grande maioria das internações hospitalares em toda a região são totalmente vacinadas.

“De acordo com as informações, parece haver 1.327 ‘casos totalmente vacinados’ em hospitais em 7 de janeiro, contrastando com apenas 441 ‘casos não vacinados’”, relatou o Great Game India . “Havia 100 pacientes dentro do hospital para ‘casos parcialmente vacinados’”.

“Existem 119 ‘casos não vacinados’, 17 ‘casos parcialmente vacinados’ e 106 ‘casos totalmente vacinados’ na UTI de Ontário… dados.”

Em toda a província, havia 9.515 casos da gripe de Fauci entre os totalmente vacinados em 7 de janeiro. Isso é comparado a apenas 1.543 casos entre os não vacinados e 375 casos entre os “parcialmente vacinados”.

Ser vacinado resultará no “colapso do nosso sistema de saúde”, alerta especialista

A situação é a mesma em Alberta e Quebec, onde a grande maioria das hospitalizações está ocorrendo nos totalmente vacinados.

Em Albert, havia 258 pacientes no hospital por covid apesar de um registro de imunização “completo”, além de 19 casos entre aqueles com status de vacinação “parcial”.

Em Quebec, havia 1.948 pacientes totalmente vacinados no hospital e 1.046 hospitalizações entre os não vacinados.

No geral, a grande maioria das doenças e mortes está no lado totalmente vacinado do espectro, com muito poucas doenças e mortes não vacinadas. E verdade seja dita, mesmo estes são provavelmente um fator de “derramamento” causado pelos vacinados total e parcialmente.

Apesar de tudo isso, o governo canadense é obcecado pelas vacinas e ainda afirma que elas fornecem algum tipo de proteção. Na melhor das hipóteses, as injeções supostamente reduzem o risco de hospitalização, nos dizem. Mas mesmo esta é uma afirmação infundada sem qualquer respaldo científico.

De acordo com o Dr. Robert Malone, o inventor da tecnologia de mRNA usada nas injeções, as pessoas que tomam as injeções são os verdadeiros “super disseminadores”, não os não vacinados.

Esse fato não impede o ministro da Saúde do Canadá, Jean-Yves Duclos, de insistir que todos sejam vacinados, independentemente do resultado. Em sua opinião, todos os canadenses deveriam ser obrigados a tomar os jabs mesmo que muitos deles acabem tendo que ser hospitalizados posteriormente.

Duclos anunciou que as vacinas contra a gripe Fauci provavelmente em breve serão obrigatórias em todo o Canadá, embora nem todos concordem. O primeiro-ministro Jason Kenney, de Alberta, twittou que em nenhum momento os jabs serão necessários em sua província.

“O Legislativo de Alberta removeu o poder de vacinação obrigatória da Lei de Saúde Pública no ano passado e não irá rever essa decisão, ponto final”, Kenney escreveu enfaticamente.

“Embora encorajemos fortemente aqueles que são elegíveis a serem vacinados, em última análise, é uma escolha pessoal que os indivíduos devem fazer.”

Na Índia, há um aumento semelhante nos casos do vírus Wuhan onde quer que as injeções estejam sendo amplamente administradas. Em Chandigarh, por exemplo, 77% de todos os novos casos estão ocorrendo em pessoas totalmente vacinadas.

Um virologista de renome mundial e ex-funcionário sênior da Fundação Bill & Melinda Gates alertou repetidamente sobre os riscos de ser injetado. Ele diz que os vacinados estão se tornando um terreno fértil para o vírus e que as consequências disso serão o “colapso do nosso sistema de saúde”.

Fonte: https://www.naturalnews.com/2022-01-11-scientific-data-fully-vaccinated-covid-superspreaders.html

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Ninguém tem qualquer autoridade para fazer da vacinação contra a Covid um teste de comunhão, justiça ou salvação – A marca de Caim e a coerção da “vacina” contra a Covid-19

Gênesis capítulo 4 registra a história dos primeiros filhos de Adão, Caim e Abel, e …

O projeto MK-Ultra da CIA e o controle da mente

Exatamente um dia após o massacre ocorrido em uma escola primária pelas mãos de Salvador …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.