Uma em cada poste, como na CHINA! Luminárias da nova rede 5G são também câmeras com reconhecimento facial para monitoramento de pedestres e motoristas no Brasil

Ministério lança projeto de monitoramento via 5G na iluminação pública

Tecnologia deve ser instalada em todas capitais até julho

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participou hoje (16) da apresentação do projeto-piloto para utilização da quinta geração de conectividade móvel, o 5G, na iluminação pública. O evento foi realizado em Natal (RN).

O uso do 5G na iluminação pública ocorre por meio da instalação de luminárias inteligentes, que fazem a transmissão do sinal por meio de antenas instaladas nos postes. Câmeras de segurança também podem ser instaladas no equipamento.

A tecnologia será testada nas cidades de Ceará-Mirim (RN), Petrolina (PE), Araguaína (TO), Curitiba (PR) e Jaraguá do Sul (SC).

 

Na avaliação do presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet, os municípios brasileiros podem acelerar a difusão da tecnologia por meio da iluminação pública.

“A luminária pode, além de iluminar, trazer segurança pública melhor para os municípios e também uma maior conectividade às pessoas e, sobretudo, às empresas”, explicou.

Segundo o ministro, com as luminárias, alguns municípios do país poderão se antecipar ao calendário previsto para chegada da tecnologia em todas as localidades do Brasil. De acordo com Fabio Faria, o 5G deve ser instalado em todas capitais até julho do ano que vem.

“A gente vai ter a oportunidade de preparar as nossas crianças, os nossos jovens para o mundo que está chegando, para esse futuro novo que está chegando”, afirmou.

De acordo com o Ministério das Comunicações, com o leilão realizado neste ano, o 5G chegará a todos os municípios brasileiros até 2029. No caso de localidades com pouca ou nenhuma conexão, o padrão mínimo de quarta geração para redes móveis deverá ser garantido.

Fonte: https://www.oficialnews.com.br/noticia/19167/ministerio-lanca-projeto-de-5g-nna-iluminacao-publica

No dia 27 de julho, por ocasião da reunião plenária da ABRASI, o CEO da empresa israelense JUGANU BRIGHTER, Bruno Gemus, proferiu palestra sobres os produtos da empresa na área de iluminação pública, especificamente, luminárias a LED e sistema de telegerenciamento.

Segundo Bruno Gemus, a Juganu é líder mundial em Smart Lighting e, possui fábricas em Israel, México, Guatemala, Taiwan e no Brasil, onde já se encontram instaladas 3.500 luminárias LED inteligentes em Caraguatatuba/SP (contrato de 20.000 unidades) e 1.500 em São João de Meriti/ RJ (contrato de 20.000 unidades).

Gemus destacou que os parques de iluminação pública podem se constituir numa plataforma fundamental para a infraestrutura do Mundo Digital rumo as Cidades Inteligentes. Em suas palavras: “é possível passar da experiência localizada e limitada a uma holística, na qual incluem-se transmissão de dados, gerenciamento de transito de veículos e outras funcionalidades”.

Bruno Gemus finalizou sua apresentação ressaltando que a tecnologia JUGANU conecta praticamente qualquer equipamento de medição à rede sem fio das luminárias e permite uma efetiva e rápida leitura de dados de diferentes medidores para a central de comando e operação: “desde que se tenha uma luminária LED com controle sem fio (telegestão) nas proximidades do equipamento de medição, a conexão sem fio se estabiliza automaticamente, e permite uma análise dos dados em tempo real e verificação cruzada de valores de consumo e anomalias na rede de iluminação”.

Fonte: http://www.juganubrasil.com.br/juganu-brighter-faz-palestra-na-abrasi-sobre-luminarias-a-led-e-sistema-de-telegestao-de-iluminacao-publica/

Desde 2017

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

FORMATAÇÃO DO PENSAMENTO: ONU critica “educação familiar” e argumenta que filhos pertencem ao Estado

Unicef critica aprovação do homeschooling: crianças não são ‘objetos de propriedade dos pais’ Entidade cita …

A vacina não é a marca, mas poderá indicar nossa predisposição para adorar ou não a Besta

Em nosso mundo em rápida mudança, bloqueios, ordens executivas e medidas de cima para baixo …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.