Iníco / Como nos dias de Noé, Anjos caidos, Nefilins / Noé: O filme, o engano e os últimos dias — Parte 1/5

Noé: O filme, o engano e os últimos dias — Parte 1/5

a_v_noah_mainVeja abaixo o vídeo (em inglês) baseado nesse artigo!

Por: Joe Schimmel – Fonte

Vocês sabiam que, de acordo com Hollywood, a principal razão de Deus ter destruído o mundo antigo com um dilúvio foi devido a um descuido com o meio ambiente e superpopulação? Vocês sabiam que Noé era um eco-terrorista liberal e o “primeiro ambientalista” do mundo? Vocês sabiam que Noé era um cara duro e uma pessoa obscura? Vocês sabiam que Noé era um bêbado e assassinava os outros com um machado? Vocês sabiam que Noé ameaçou matar a esposa do seu irmão mais velho e sua filha que ainda não havia nascido, porque ele não queria que a Terra fosse repovoada? Vocês sabiam que um velho parente de Noé chamado Matusalém (um parente realmente bem velho) era um médico feiticeiro que guiava Noé espiritualmente? Vocês sabiam que Noé pediu ajuda aos anjos caídos de Satanás para protege-lo enquanto ele construía a arca?

O que? Vocês não sabiam dessas coisas? Vocês não escutavam isso nas escolas sabatinas quando eram crianças? Vocês não viram tudo isso quando leram pela primeira vez a narração bíblica de Noé e o grande dilúvio no livro de Gênesis? É claro que você não perdeu essas coisas, pois elas nunca aconteceram! O filme Noé, lançado pela Paramount Pictures em 28 de Março de 2014, não será o primeiro filme usado pela elite liberal de Hollywood tendo como alvo os Cristãos e explorar, politizar e revirar a verdade bíblica. E nem será a última vez que Hollywood se engaja num esforço colossal em gastar 160 milhões de dólares para enganar e fazer uma grana com os fiéis. (fonte).

A razão pela qual eu intitulei esse artigo como “Noé: O Filme, O Engano e Os Últimos Dias” é porque os Cristãos estão sendo ajuntados como ovelhas perdidas para verem um filme que não reflete a verdade bíblica. Muito, depois de verem o ilusório trailer da Paramount e lerem suas falsas declarações de que o filme “era inspirado na história de Noé” e  que “era a verdadeira essência, valores e integridade da uma história que é a pedra fundamental da fé de milhões de pessoas ao redor do mundo”, (fonte) iriam aos cinemas para ver um despertar bem rude!

Quem é você para acreditar? Paramount, a qual deseja fazer muito dinheiro com os Cristãos distraídos em seu golpe de investimento, ou o diretor de Noé, Darren Aronofsky, que agressivamente admite sobre seu filme dizendo: “Tudo aquilo que você espera, você está f**didamente errado”, e “Noé o PIOR FILME BÍBLICO já feito”. (fonte)

 

O Enigma da Paramount

 a_v_noah_paramountA verdade é que as avaliações feitas sobre o filme Noé revelam que ele é uma imensa corrupção da Palavra de Deus e que, na realidade, vira a Bíblia de cabeça pra baixo. Isso é especificamente dizer que a Paramount se encontra num grande enigma depois das avaliações da imprensa nas quais as primeiras pesquisas mostraram que a maioria dos cristãos se sentiram ofendidos, pois o filme Noé não condiz com a verdadeira narrativa Bíblica. Isso não deveria ser uma grande surpresa, pois o diretor de Noé, Darren Aronofsky, promove o Anticristo, ocultismo e elementos gnósticos em seus outros filmes (mais sobre isso depois nesse artigo). Adicione a isso o fato de Aronofsky falar da história de Noé como se ela fosse uma “grande fábula”, e que não há razão para mostrá-la como uma história sagrada com qualquer senso de santidade ou reverência a Deus. Aronofsky admitiu:

“Eu não acho que ela seja uma história muito religiosa…Eu acho ela uma grande fábula que faz parte de muitas religiões diferentes e práticas espirituais.” – Darren Aronofsky, Variety 2012

No entanto, existem muitos cientistas que acreditam que houve um grande dilúvio mundial e que Noé foi uma pessoa real. Se tivesse existido um dilúvio ao redor do mundo, esperaríamos ver evidências de que grande montanhas uma vez já estiveram debaixo d’água, e nós encontramos. Esperaríamos achar evidências de grandes quantidades de cemitérios de fósseis ao redor da terra, com milhões de criaturas que foram rapidamente enterradas nos sedimentos do dilúvio, e assim encontramos. Esperaríamos ter relatos extra-bíblicos de um dilúvio em outras culturas ao redor do mundo e, mais uma vez, nós encontramos! E o mais importante, o próprio Senhor Jesus Cristo confirmou esse evento histórico de Noé e o dilúvio ao alertar-nos repetidamente de que os últimos dias antes de Sua chegada seriam, de fato, como nos dias de Noé, antes do dilúvio (Mateus 24:37-38, Lucas 17:26-30).

Para deixarem as coisas ainda piores para a Paramount, o FDC (Consumidores Dirigidos pela Fé) revelou que uma pesquisa realizada com 5000 pessoas chegou à conclusão que 98% dos consumidores cristãos não teriam interesse em ver um filme sobre Noé, se este não fosse baseado na Bíblia. Para os quais o extremamente arrogante Aronofsky responde: “Que se f**dam os números dessas pesquisas. Meus filmes estão acima das pesquisas.” (fonte)

a_v_noah_aronofskyAronofsky parece não ter escrúpulos em alienar cristãos que podem ter ficado balançados ao ver o filme da Paramount, que falsamente afirma que ele possui bases bíblicas. Sua vontade de soltar palavrões repetidamente e dizer aos crentes o quão “f**didamente errados” eles estão ao esperar um filme bíblico de Noé e “Que se F**dam os números dessas pesquisas”, mais tarde admitindo que “Noé é o PIOR FILME BÍBLICO já feito”, não caiu bem para os cristãos sinceros.

A Paramount tentou consertar o estrago ao fazer uma edição do filme mais baseada na Bíblia, a qual o New Yorquer caracterizou como “uma beatitude de 86 minutos que começa com montagens de imagens religiosas e termina com uma música de rock cristã”. (fonte)

No entanto, a versão perversa de Aronofsky será a que vai aos cinemas em 28 de Março de 2014. O jornal The Los Angeles Times reportou que a Paramount queria “fazer um filme mais bíblico, enquanto o cineasta Aronofsky tinha ideias diferentes.” No entanto, infelizmente para os cristãos, Aronofsky se gabou dizendo: “Minha versão do filme…é a que foi escolhida”, e o Hollywood Reporter revelou que “a Paramount está dando total suporte à versão de Aronofsky”, da história de Noé. (fonte)

A Paramount postou uma “explicação” no seu website se referindo a uma “licença artística”, permitindo que o filme seja cheio de cenas não bíblicas e diabólicas. Talvez seria mais certo se a Paramount usasse o termo “licença narcisista”, uma vez que Aronofsky parece estar usando o filme mais para mostrar sua própria história e visões liberais, do que a versão de Deus sobre a história de Noé!

Deveríamos esperar mais de um diretor que fez uma grande quantidade de filmes com temas gnósticos e que enaltece os Nephilim (“os caídos”)? Quando Aronofsky twitou dizendo que Nick Nolte faria o papel do anjo caído Samyaza (outro nome de Satanás), o qual, de acordo com o livro extra-bíblico de Enoque, foi o que liderou uma revolta onde os “filhos de Deus” pegaram para eles as “filhas dos homens”, gerando os Nephilim, Aronofsky enaltece os malignos Nephilim ao escrever: “apenas adicionei a lenda em #noah. Vida londa aos Nephilim! Foi uma honra! (fonte)

Obviamente, o triunfante enaltecimento aos inimigos de Deus, “vida longa aos Nephilim!” é algo que um homem ou mulher temente a Deus jamais ousaria dizer.

Noé Foi o Primeiro Ambientalista?

Infelizmente, o filme Noé, ao invés de mostrar às pessoas a necessidade de arrependimento contra a perversidade que era tão prevalente nos dias de Noé, e devido a qual o mundo fora destruído, Aronofsky escolheu usar o filme para blasfemar o caráter justo e amável de Deus e propagar uma agenda esquerdista global ambientalista. Na verdade, Aronofsky nos diz sobre o que a história de Noé quer contar:

“Ela é sobre o apocalipse ambiental e este é o seu grande tema, pois para mim, é o que estamos vendo acontecer no planeta. Então eu penso que é este o grande tema que nos conecta. Noé foi o primeiro ambientalista.” (fonte)

 a_v_noah_green_earthA propaganda de Aronofsky é vista num script de Noé que foi liberado online. De acordo com o script, a esposa de Noé, Naameh, pergunta a ele por que Deus deseja destruir o mundo. Deus então dá uma visão a Noé da primeira criação original, antes do homem destruir o meio ambiente. Então Noé responde à sua esposa: “Porque ela (a criação) já está morrendo. Em nossas mãos, tudo o que Ele criou está morrendo…se trabalharmos para salvá-la, talvez Ele também a salve.” Então, de acordo com o filme Noé, o caminho para ser salvo não é através da graça e perdão do pecado que vem através da fé, mas através das boas obras para salvar o planeta terra e se tornando um bom pequeno ambientalista. Na verdade, mais tarde no filme, Noé diz: “Precisamos mudar. Precisamos tratar o mundo com misericórdia, para que o Criador mostre misericórdia sobre nós…precisamos respeitar o solo, respeitar os rios e os mares. Respeitar os outros animais da Terra.”

No entanto, quando lemos a narrativa bíblica, o meio ambiente nunca esteve em risco! Ao invés disso, o grave desafio da humanidade contra a lei moral de Deus, incluindo violência perpétua e o rampante da depravação sexual, foram as razões que Deus nos dá em Sua Palavra para lançar o dilúvio sobre o planeta Terra:

Naqueles dias estavam os nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Esses nefilins eram os valentes, os homens de renome, que houve na antigüidade.

Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente. Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. E disse o Senhor: Destruirei da face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; porque me arrependo de os haver feito. Gerou Noé três filhos: Sem, Cão e Jafé.

A terra, porém, estava corrompida diante de Deus, e cheia de violência.

(Gênesis 6:4-7, 10-11)

(CONTINUA…) – Fonte: www.efesios612.com

Compartilhar isso:

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado com Arlete Vieira, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

16 FATOS EM 16 ANOS SOBRE 11 DE SETEMBRO DE 2001

Relacionado

False-Flag Attack: Tudo que a grande mídia nunca mostrará sobre os atentados de 9/11 – O crime e o encobrimento do século… O que realmente aconteceu?

Não fique, caro leitor, a achar que vais ver na TV algum documentário escancarando a …

Deixe uma resposta