Arquivos Anuais: 2019

Engraçado, né? Na hora de cobrar dízimo, o Céu tem janelas! A terra é plana?

O conhecido texto de Malaquias 3:10, usado para cobrar o pagamento do dízimo, faz referência a “janelas do Céu”, que podem ser abertas por Deus. Michelson Borges, com certeza, não irá gostar disso! Para completar, uma das citaçõoes mais famosas de Ellen White no livro Educação, pág. 57,  afirma que os Céus podem desabar ou cair…

A maior necessidade do mundo é a de homens — homens que não se comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não tenham medo de chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao dever como a agulha da bússola é ao norte; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que os céus desabem.
homens (mulheres) que se não comprem. e nem se vendam; homens que no. íntimo da alma sejam verdadeiros e. honestos; homens que não temam. chamar o pecado pelo seu nome exato; homens cuja consciência seja tão fiel ao. dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo. que é reto, ainda que caiam os céus. Educação, 57.

O CERN é um portal para o inferno? Pastor diz que não, mas…

Assista ao vídeo abaixo e veja novamente por que pesquisadores cristãos sinceros entendem que o laboratório idolátrico do CERN na Suiça, atende a interesses malignos, ao contrário do que defende o YouTuber oficial da IASD (Igreja Adventista do Sétimo Dia), Michelson Borges:

Veja também:

Nos vídeos abaixo, Michelson Borges demonstra mais uma vez de que lado está no grade conflito entre a Ciência satânica (do Bem e do Mal) e a Bíblia Sagrada (A Palavra de Deus).

Seu Pastor, seu Líder, seu Irmão não é terraplanista, mas Jesus, Seus discípulos e todos os Profetas eram!

Embora seja pastor adventista, Michelson Borges não crê na literalidade daquilo que a Bíblia diz sobre a Terra, o Firmamento e o Abismo, conforme já demonstramos aqui muitas vezes…

“A Concepção Hebraica do Universo” — Ilustração retirada do site da Secretaria Estadual de Educação do Paraná.

Neste seu último vídeo, Michelson nega a literalidade da prisão de Satanás no abismo, que fica abaixo da superfície terrestre, segundo as Escrituras. Veja, por exemplo, o caso dos demônios que foram expulsos por Jesus e imploraram para não ser enviados ao abismo: Leia Mais… »

Isaac Newton e a Trindade — Parte 5: O que Michelson Borges não contou pra você!

A Trindade é um tópico complexo e sei que Isaac Newton estudou profundamente sobre ele, e que seus pontos de vista eram um tanto contrários às doutrinas convencionais ensinadas hoje. Por isso, fiquei curioso sobre qual é a visão dele e o que é diferente da teologia protestante e católica convencional.

Sir Isaac Newton, o humano mais inteligente, além de Jesus, que já viveu e um dos maiores teólogos do mundo, na opinião de alguns, diz que a doutrina da trindade é apóstata e blasfema. Ele estudou por anos e rastreava desde o início. Leia Mais… »

Textos de EGW não podem ser usados para negar o ensino bíblico da Terra plana

Os escritos de Ellen G. White e o princípio da “Sola Scriptura”

Victor Christensen (Traduzido via Google Translate)

https://i2.wp.com/www.adventistas.com/wp-content/uploads/2019/11/egw-terraplana2-768x424.jpg?resize=618%2C341

Nota do Editor:

O artigo a seguir aborda pensativamente uma questão que incomoda muitos adventistas do sétimo dia: “Como devemos considerar os escritos de Ellen G. White?”. Como tal, ele aborda um problema espinhoso. Como o autor observa, ele a considera um profetisa. Os profetas são geralmente considerados pessoas que recebem comunicação de Deus. Os escritos de um profeta moderno devem ser considerados iguais aos escritos que conhecemos como escrituras? Para uma consideração mais aprofundada, consulte 1 Coríntios 14:29. — Ted Noel Leia Mais… »

Isaac Newton e a Trindade – Parte 4: Teologia Ariana, igual à dos pioneiros adventistas

Newton teólogo: o discípulo de Arius

Por Rogério da Costa, Professor de Filosofia da UERJ e da PUC-Rio.

“Bem antes de 1675, Newton já havia se tornado um ariano no sentido original do termo. Ele reconhecia Cristo como o divino mediador entre Deus e o homem, que era subordinado ao Pai que o criou. Cristo recebeu o direito de ser venerado (embora não com a adoração devida ao Pai) por ter se humilhado e por ter sido obediente até a morte. O homem Jesus era para Newton não a união hipostática da divindade com a natureza humana em uma pessoa, mas o logos criado encarnado num corpo humano, de tal forma que ele, e não o homem, pudesse sofrer na carne. Por sua obediência, Deus o exaltou e o elevou ao lugar à Sua direita.” (tradução minha do original em inglês, itálico no original) — RICHARD WESTFALL, Never at Rest – A Biography of Isaac Newton, p.313 Leia Mais… »

Globistas, Pastores e Lideres religiosos, jamais vencerão a “ideia perigosa do Cristianismo” defendida por Lutero

Pretender impor regras e padrões para a interpretação da Bíblia, subordinando-a à Ciência e ao que chamam de fatos observáveis, como fazem Michelson Borges e Eduardo Lutzcifer, é tentar anular o principal avanço trazido pela Reforma protestante, que libertou os cristãos da nefasta autoridade do Papa, do clero, teólogos, filósofos, tradições, concílios, credos e da própria Igreja, estabelecendo a Bíblia e a Bíblia somente como autoridade doutrinária. Leia Mais… »

Isaac Newton e a Trindade — Parte 3: O último feiticeiro, ou teólogo quase adventista?

“Isaac Newton e a Transmutação da Alquimia”: positivismo, ciência natural e hermetismo

Por Rogério da Costa, Professor de Filosofia da UERJ e da PUC-Rio.

Em 1936 o economista inglês John Maynard Keynes comprou em um leilão uma grande quantidade de caixas contendo escritos de Isaac Newton que foram considerados “inadequados para publicação” por seu executor legal após sua morte em 1727.

Keynes, após apreciar atentamente o conteúdo, veio a público declarar que Isaac Newton não era somente o primeiro da “era da razão, mas o último dos feiticeiros.” Isso porque os escritos em sua posse eram majoritariamente tratados de alquimia. Leia Mais… »

Isaac Newton e a Trindade — 2: Isaac Newton poderia ter sido pioneiro adventista!

Jeova Sanctus Unus: Newton e a Alquimia

Por Rogério da Costa, Professor de Filosofia da UERJ e da PUC-Rio.
“Uma das maiores paixões de sua vida, como testificado por um vasto corpo de papéis que se estendem por trinta anos, um propósito o qual incluiu contato com círculos alquímicos como é atestado por suas cópias de tratados não publicados, permaneceu largamente escondido da visão do público e permanece como tal até hoje.” (tradução minha do original em inglês)

Pastores e lideres religiosos ignoram o segundo mandamento, escrito pelo dedo de Deus

A Cosmovisão hebraica, que enxerga a realidade em três níveis (Céus, Terra e Abismo), está presente inclusive nos Dez Mandamentos, escritos pelo próprio Deus: “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há EM CIMA NOS CÉUS, nem EM BAIXO NA TERRA, nem nas ÁGUAS DEBAIXO DA TERRA.” Êxodo 20:4 Leia Mais… »

Avisem ao Eduardo Lutzcifer* que ele já está derrotado 100%

Michelson Borges deveria se envergonhar de colocar seu amigo físico Eduardo Lutz para defender o que o próprio ex-pastor e arqueólogo Rodrigo Silva já classificou como indefensável, referindo-se ao uso, por exemplo, de Isaías 40:22 como uma antecipação científica referente à suposta esfericidade da Terra. O melhor seria admitirEM simplesmente que, desde Moisés até João, do Apocalipse, inclusive Jesus Cristo, todos os personagens bíblicos eram terraplanistas, isto é, adotavam a cosmovisão hebraica de três níveis, céu, terra e abismo. Leia Mais… »