Vídeo de Walter Veith sobre vacinas — dublado em português — permanece no YouTube

Um vídeo original em inglês do pastor e conferencista Walter Veith e seu parceiro, Martin Smith, foi removido do YouTube por supostamente fazer alegações infundadas sobre a vacina Covid. No lugar da postagem, agora há uma tela preta com a legenda: “Este vídeo foi removido por violar os termos de serviço do YouTube”.

Felizmente, a versão dublada do vídeo em português permanece disponivel e ainda é possível visualizar o que Veith e Smith disseram sobre Covid-19. Em nosso canal TV Adventista, republicamos um vídeo anterior, que ainda não foi removido, intitulado “A Vacina é a Marca da Besta”.   Nesse vídeo, eles colocam a vacina no contexto de manipulação e controle dos jesuítas.

Veith e Smith aparecem em um vídeo não-dublado em  resposta à remoção  intitulada “What’s Up Prof Episode 46 Removed?” Veith explica:

“Temos uma obra hoje, que acredito ser uma obra muito importante … porque estamos tentando ver o que está acontecendo no mundo e como isso se encaixa na profecia bíblica. Acredito que precisamos discutir qual é a situação no mundo e onde estamos no fluxo do tempo profético. E estou convencido de que Deus abençoará este empreendimento e que nos acompanhará até o fim.”

Veith é um evangelista e ministro ordenado na África do Sul, onde goza de forte apoio da igreja sul-africana e de seus líderes.

Resumo do vídeo acima

00:00 — Considerações prévias
08:35 — Boris Johnson e os progressos tecnológicos. Microrobos. Sabemos 0,3% da ciência
19:00 — A doença do Covid 19
21:15 — Pílulas inteligentes
22:30 — Vacina RNA: artigo que diz que não altera o DNA
29:50 — comparação entre vacinas da Pfizer Biontec e Moderna (RNAm) e Astra Zeneca Oxford (DNA)
39:24 — Dra. Dolores: há incorporação, nos tornamos transgênicos
43:55 — A resistência na Dinamarca
45:40 — Bhakdi: poderia haver resposta autoimune, como o diabetes 1.
48:50 — Você não pode processar o fabricante da vacina
49:50 — Anafilaxia em 2,7% – reações a curto prazo
53:45 — EGW tomou vacina, Jesus comeu peixe
54:45 — Testes interrompidos na Austrália
56:00 — Falso positivo HIV
57:30 — Mistura de doses
1:01:30 — Encefalomielite após primeira dose
01:02:30 — Covid positivo após a vacina
01:03:00 — Mutações
01:05:50 — Código de barras
01:06:15 — Imunidade de rebanho
01:09:18 — Punições para quem não se vacinar
01:10:15 — DeBlasio: medo do 666
01:12:00 — Multa para os hospitais que se recusam a vacinar
01:12:30 — Jesuítas: líderes religiosos incentivando vacina
01:15:10 — Papa e a vacina: implicações morais
01:12:12 — EGW e a responsabilidade individual
01:26:50 — Conclusão

EGW “Em seus labores, cada obreiro tem que olhar para Deus. Devemos aprender como encontrar as pessoas aonde elas estão. Que tais condições não existam, que encontramos em alguns lugares quando retornamos à América, em que membros individuais de igreja, em vez de se conscientizarem de sua responsabilidade, olharam para homens em busca de orientação, e homens a quem foram confiadas sacras e santas responsabilidades em levar adiante a obra, falharam em entender o valor da responsabilidade pessoal e tomaram sobre eles mesmos o trabalho de ordenar e ditar o que seus irmãos devem ou não fazer. Essas são coisas que Deus não permitirá em sua obra. Ele colocará seus fardos sobre seus porta fardos. Cada alma individual tem uma responsabilidade perante Deus, e não deve ser arbitrariamente instruída por homens quanto ao que fazer, o que dizer, e onde ir. Não devemos pôr confiança no conselho do homem e consentir com tudo o que disserem, a não ser que tenham evidência de que estão baixo a influência do Espírito de Deus.” RH, 21 de outubro de 1909, parágrafo 3. 01.25.07

EGW “Estranha coisa tem penetrado em nossas igrejas. Homens que são colocados em posições de responsabilidade, para que possam ser sábios ajudadores de seus companheiros de trabalho, chegaram a supor que foram colocados nas igrejas como reis e governadores, para dizer a um irmão: Faça isto; a outro: Faça aquilo; e a mais um outro: Cuide de trabalhar de tal e tal maneira. Lugares há em que se disse a obreiros que se não seguissem as instruções desses homens de responsabilidade, seria retirado o seu salário da Associação.” TM 477.2

EGW “Ninguém deve se apoiar totalmente na mente de outra pessoa; mas, como agente livre de Deus, cada um deve pedir sabedoria a ele. Quando o aluno depende em grande parte dos pensamentos de outro homem e não vai além de aceitar seus planos, ele vê apenas através dos olhos daquele homem e, até agora, é apenas um eco do outro. Deus irá, por seu próprio Espírito, trabalhar diretamente através da mente que ele colocou no homem, se o homem apenas lhe der uma chance de trabalhar, e reconhecer seu trato com ele. É desígnio de Deus que os homens usem sua mente e consciência para si próprios. Ele nunca planejou que um homem se tornasse a sombra de outro e expressasse apenas os sentimentos de outro. Mas este erro tem acontecido entre nós, que muito poucos devem ser mente, consciência e julgamento para todos os obreiros de Deus. O fundamento do Cristianismo é “Cristo, nossa Justiça”. Os homens são individualmente responsáveis perante Deus e devem agir como Deus age sobre eles, não como outra mente humana age sobre eles; pois se este método de influência indireta for mantido, as almas não poderão ser impressionadas e dirigidas pelo grande Eu Sou. Eles terão, por outro lado, sua experiência mesclada com outra e serão mantidos sob uma restrição moral, que não permite liberdade de ação ou de escolha.” The Paulson Collection 403.2

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

Joe Biden declara guerra aos não vacinados ao anunciar decreto de vacinação obrigatória para 100 milhões de trabalhadores

Por Andy Roman O presidente Joe Biden na quinta-feira, 9 de setembro de 2021, anunciou …

“Vocês me ensinaram a não beber café e agora querem me obrigar a me vacinar?”

O Capitão Graham Hood ainda é funcionário da Qantas Airways. Qantas Airways Limited é a …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.