Iníco / Noticias Adventistas / Doutor em geofísica explica o que o jornalista Michelson Borges finge não saber sobre a TV

Doutor em geofísica explica o que o jornalista Michelson Borges finge não saber sobre a TV

Michelson Borges se descabela todo, poeticamente falando, quando vê criacionistas terraplanistas tendo o destaque que ele gostaria de ter com seu pseudo “criacionismo científico”, expressão que é evidentemente um vício de linguagem, conhecido como paradoxo vicioso*. Afinal, criacionismo é uma corajosa atitude de fé, que revela confiança e certeza da existência de um Deus criador todo-poderoso, enquanto o adjetivo “científico” indica a certeza trazida apenas pela observação e o experimento, atitude contrária portanto à fé.

Ora, a fé é definida biblicamente como a “certeza de coisas que se esperam e a convicção de fatos que não se vêem”. Aliás, na Bíblia, FÉ — plena confiança na palavra de Deus — se opõe à CIÊNCIA, do bem e do mal, desde o Éden. O primeiro experimento científico da história humana foi a ingestão do fruto proibido, proposto pelo Dr. Capeta Lutzcífer, sob a hipótese de que a Lei divina da morte como resultado do pecado, estava incorreta. Milênios depois, Jesus censurou a Tomé por acreditar apenas no que via. E enquanto Daniel previu o aumento da Ciência nos últimos dias, Jesus questionou se acharia Fé sobre a terra, quando retornasse.

Dessa vez, a ciumeira de Michelson Borges, que publicou nota em seu blog de “Criacionismo científico”, movido por evidente “santa inveja”, ocorreu por conta de que no último dia 29, quatro terraplanistas foram entrevistados pelo humorista Danilo Gentili, em seu programa ‘The Noite’, do SBT. Michelson Borges, que se diz um estudioso da mídia e das manipulações que acontecem em seus bastidores, recomenda o programa de humor e deboche como se houvesse sido um programa jornalístico impecável…

* Outros exemplos de “paradoxos viciosos”, semelhantes ao “criacionismo científico” de Michelson Borges: déficit positivo, descer para cima, elo de desligação, entrar para fora, erário privado, metades diferentes, monopólio inclusivo, sair para dentro, subir para baixo, superávit negativo, surpresa esperada, acabamento inicial, quantia inexata, empréstimo permanente, escolha obrigatória, consumismo moderado, uma semana / um ano de mensalidade, destaque habitual, limite suave, prefeitura estadual / federal, vereador do estado / do país, única alternativa, juntamente sem, pilar de deterioração, consultoria novata, modelo de omissão, vandalismo de vítima / de herói, demente intelectual / auditivo / físico / mental, consenso individual / particular, hermeticamente aberto, imprópria autobiografia, demasiadamente controlado, propriedade genérica, sintoma de contraindicação, exultar de tristeza, prejuízo do laudo, retornar uma vez, seguir atrás, preconceito tolerante, número impreciso, assessor indireto, aprimorar para pior, general da Marinha, almirante da Aeronáutica, brigadeiro do Exército.

Fonte: adventistas.com

Sobre Max Rangel

Servo do Eterno, Casado, Pai de 2 filhas, Analista de Sistemas, Fundador e Colunista do site www.religiaopura.com.br.

Além disso, veja também:

A VERDADE POR TRÁS DA FARSA – AS ORIGENS DO HELIOCENTRISMO E A ADORAÇÃO AO SOL

TERRA PLANA – Uma Verdade Inconveniente

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.